Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

Pequenos Grandes pensamentos #26

tumblr_mqvcci1eyX1snjmqgo1_500.jpg

Sim? Então as escolhas foram as certas e o teu respeito pela tua pessoa e pelas tuas convicções esteve sempre à tona. Parabéns!

 

Meatless #10

HAMBÚRGUER DE ERVILHAS

 

 Ingredientes: 1 kg ervilhas congeladas, 1 cebola média, 1/2 molho de coentros, 1 alho, 1 ovo, noz-moscada, sal, pimenta e tabasco. 

 

1 (2).jpg

 Como chegar lá: Cozer as ervilhas em água abundante e escorrer. Colocar no robot de cozinha e reduzir a puré. Eu gosto de reduzir pouco e ficar ainda com algumas ervilhas quase inteiras para dar consistência. Picar a cebola e o alho. Juntar o ovo, o tabasco, os temperos, a noz moscada ralada no momento e os coentros finamente picados.

2 (2).jpg

Moldar os hambúrgueres e levar ao forno até tostar (basta o suficiente para cozinhar a cebola picada), por isso convém o forno estar quente mas baixo. Pode optar por fazer na frigideira.

3 (2).jpg

Podem usar como acompanhamento.

Eu como ora assim, com um molho de iogurte e ervas ou com salada de tomate e orégãos.

Bom apetite!

 

 

Fotos das minhas viagens # 48

20150417_101724.jpg

Campo de canola, Loire et Cher, França

(foto da minha autoria)

 

Qualquer um pode ser fit agora

Napercise, já ouviram falar? Para terem um vislumbre so que é, experimentem separar a palavra 

nap + ercise        ou seja       sesta + exercício

É a nova moda no Reino Unido. E eu sou capaz de ficar fã... Com o problema de costas que tenho, não vejo aqui qualquer incoveniente. Ora leiam ...

 

download.jpg

 

Agora uma pergunta primordial. Para quando em Portugal???

E pronto, de partida...

good-bye-6710155.jpg

Mas não sem antes vos dizer que apesar de ir de fim de semana, podem continuar a visitar-me pois a pensar em vocês, deixei alguns posts agendados. Mais logo, um post sobre como sermos mais Fit; Amanhã, a habitual rubrica de Domingo de Culinária (ui, sinto-me tão importante a escrever isso assim), bem como outros post mais simples e na Segunda-feira, deixei-vos uma história familiar muito engraçada e uma sugestão de produto de cabelo a que estou rendida.

A única situação mais incómoda nisto tudo é que o meu filho avisou-me ontem que vinha para baixo passar o fim de semana. Chegou ontem à noite. Pois, e a mãe desnaturada vai embora. Nada a fazer. está tudo programado e pago e ele resolveu em cima da hora. Paciência...

E pronto, de abalada (como se diz por aqui) para ir até à Invicta divertir-me um bocado. Na próxima semana conto como foi... 

Portem-se bem e aproveitem a vida 

 

FOMO

E assim nasceu uma nova angustia, o medo de estarmos desligados ou de perdermos qualquer coisa essencial. Chama-se FOMO e é acrónimo para Fear Of Missing Out, o que significa o medo de passar ao lado de um evento importante.

 

Ultimamente tenho reparado muito nisso, é no cinema, em espectáculos, em concertos de música clássica. Algumas pessoas não conseguem apenas estar, sentir.

Esta necessidade de saber o que os outros andam a dizer e/ou fazer pode ser doentia, se não controlável. Há umas semanas estava num espectáculo de stand-up e uma pessoa da fila da frente passou 60% do tempo no facebook. Para além do incómodo para as outras pessoas (tudo à escuras e aquele holofote), será que a pessoa desfrutou realmente e entendeu todas as piadas? 

 

Comporta, eleita um dos 52!

O New York Times publicou a sua lista dos 52 places to Go in 2017.

Adivinhem quem está em 25ª lugar? Pois é, a Comporta.

Dêem uma espretadinha nos outros 51. Vale a pena 

Comporta - 25 (2).png

comporta-landscape-1254.jpg

 

Perdeu-se o respeito

foto_ambaptista1896f2ba_base.jpg

Perdeu-e o respeito por tudo. Instituições, História, Pessoas, tudo hoje é passível de ser subjugado a algo mais importante: o próprio umbigo. 

Então expliquem-me lá como é isto possível... uma pessoa vai ver as gravuras rupestres de Foz Côa e numa pedra com imagem que tem 10.000 anos (10.000!!!!!), resolve desenhar 3 atentados. Mas as pessoas com problemas mentais não deviam estar institucionalizadas????

O artigo aqui.

 

Bloqueador chamadas

Esta semana tenho sido bombardeada com telefonemas para o meu telefone pessoal, de números privados.

Screenshot_2017-04-27-22-59-14.png

 

Ainda atendi a primeira vez, pedi para ligar ao final do dia pois estava no meu horário de trabalho, mas francamente ontem atingi o meu limite de paciência.

 

 

E portanto finalmente optei por instalar a tal app que permite bloquear todos os números privados, particulares, ocultos.

 

Só vos digo, tive uma santa tarde!!

 

 

 

Onde andam as vassouras??

No domingo passado estava a passar o fds com amigos no Alentejo. Houve festa na localidade, a música terminou às 3h da manhã e por volta das 6h e pouco, começo a ouvir uma motorizada a acelerar.

Mas que raio? A um domingo? A esta hora?

Tento voltar para o outro lado, mas impossível, ela está na rua e o meu quarto dá para aquele lado. Aquilo durou uns bons 20 minutos e eu a desejar que lhe acabasse a gasolina

Por volta das 6h30 não aguentei mais e fui à janela ver afinal, o que se passava e quanto tempo aquilo ia durar...

Espanto dos espantos:
Era um funcionário da Câmara, que andava a limpar com um soprador! Mas o que aconteceu às vassouras??? 

Estava ali uma folha e vrummm, dava um passo estava ali um copo de plástico e vrummm vrummm, e ali andava ele a empurrar de um lado, e a empurrar de outro até fazer um montinho... Sabem as vassoura? - com uma vassoura fazia o seu serviço e não incomodava ninguém!

 

Tínhamos combinado descer para o pequeno-almoço às 9h, e quando nos encontrámos, todos tinham acordado com o ruído. Os palpites é que variavam: uns diziam motorizada, outros moto-serra para cortar lenha, mas ninguém deu o palpite ou afirmou ser um soprador...

Valha a boa disposição!

Entre gargalhadas, tivemos assunto para toda a refeição.  

 

Pág. 1/15