Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

Fotos das minhas viagens # 64

Vou terminar a minha descrição da viagem à Suécia.

Com já vos disse, adorei o país e a nível de paisagens... UAU!!

Os lagos, os verdes, as casas típicas em madeira, nem sei do que gostei mais... Ora vejam um pequeno apanhado que fiz: 

 

 

As paisagens verdejantes, com diversos tons de verde, totalmente hipnotizantes

Os caminhos  com pequenas pontes, propícios às caminhadas que os nórdicos tanto gostam de fazer

As casas de madeira típicas. Com jardins muito bem cuidados e aquela cor nacional, da maior parte das casas. Um tom entre bordeaux e castanho. Também gostei das casinhas brancas e amarelas claro.

Uma das centenas de igrejas por onde passei, na região de Vårgårda. Pensei que a bolinha sobre os "a" abrisse as vogais, mas é o contrário, fecha imenso as vogais. 

 

Um dos lagos. Quase fiquei sem respiração, de tanta beleza

Fonte dentro da cidade, dentro de uma vela.

 

Vou voltar a rebolar...

Estou de partida para uma férias/trabalho em Montichiari, Itália.

Vai ser uma semana. E à parte o hotel que já aqui mostrei, não tenho qualquer indicação da localidade. Fui pois à procura.

 

E o que me sugere o TripAdvisor? 

massa.png

Pois.

 

Estou perdida!!! 

 

 

Pequenos Grandes pensamentos #43

Há alguns dias, estava no carro com uma amiga que enfrentava grandes problemas.

Chegámos à rua dela e ficámos estacionadas a conversar por mais de duas horas.

Nesse entretanto, a luz faltou na rua. Ficámos às escuras. Mas resolvemos continuar a conversar. E quando nos estávamos a despedir, reparámos que a luz tinha voltado e nem nos tínhamos dado conta.

 

Moral da história

Apercebemo-nos da escuridão na nossa vida, mas quando a felicidade nos inunda, muitas vezes não paramos para a homenagear.

 

Portanto, vamos celebrar mais vezes as coisas boas da vida, tá? 

 

Índia, aqui vou eu!!

Depois de surpreendentemente, ter sido designada para ir a trabalho para o Canadá em Dezembro, eis que abro o email hoje e recebo um trabalho para Outubro em

 

Nova Deli, Índia 

 

Estou tão contente! 

 

D. Detestei ler

desafio.jpeg

 

Ao longo da minha vida, já li milhares de livros. Alguns que gostei mais do que outros,  mas tenho um que encabeça essa lista dos que não gostei nada. Foi uma oferta de Natal se não me engano. E tratou-se de:

 

As cinquenta sombras de Grey 

 

Entendo que por esse país fora, se tenha dito que espicaçou o mulherio a procurar um sexo mais satisfatório, mas não sei, antropologicamente falando, se é assim que se consegue essa mudança de mentalidade. Talvez tenha aberto um pouco os horizontes, mas como eu costumo dizer, nada como viver!

 

Lembro-me de há anos ter uma amiga minha cujo marido passava as noites fora, alegadamente a jogar snooker. Não me contive, falei com ela para tentar abrir os olhos. Ao que ela me respondeu: mas ele é bom para mim, e o sexo é óptimo. Eu contestei: mas como sabes que é óptimo, se não tens margem de comparação? 

Acabou por ao fim de uns bons meses, colocar um ponto final na situação, saiu de casa e mais tarde, veio dizer-me que eu tinha razão. Aquilo não era óptimo sexo

 

 

Por 26 dias, a MagdaJustMaria João CovasSofia GonçalvesMulaAlexandraDrama QueenCaracolGorduchitaB♥Sandra.wink.winkFátima BentoCarla B. e Princesa Sofia e eu, respondemos a 26 perguntas sobre livros, tendo como mote o alfabeto. Às segundas, quartas e sextas, às 14h, não se esqueçam de cuscar as nossas respostas, em cada um dos blogs. Ou consultem aqui todos os posts publicados no Sapoblogs com esta tag .

Costumes do Mundo #1 Suécia

Este vai ser o primeiro de um apanhado de post sobre diversos países e a experiência que tenho/tive, a conviver com os locais. Pequenos textos, nada muito pretensioso, apenas com uma pequena visão. E como vim há dias da Suécia, comecemos por lá.

 Suécia

 

Os Suecos são muito pontuais, portanto se fores convidado para a casa deles, tens de respeitar isso.

Normalmente fica bem retirar os sapatos quando se entra em casa. Para isso, eles têm sempre uns chinelos (feeeeios) para calçares. 

Não comeces a beijar as pessoas se não as conheces. Um aperto de mão é o suficiente. A sério, eles não entendem esta nossa vontade de beijocar toda a gente!

Se quiseres levar alguma prenda, escolhe flores, vinho ou licor, ou ainda chocolates para acompanhar o café.

Não jogues nada para o chão. Eles são muito civilizados nesse aspecto.

E não se desperdiça água. Há multas aplicadas (mesmo!!) se por exemplo lavares o carro no quintal ou à porta de casa.

A chuva não os incomoda. Para isso existem aquelas capas horríveis que os turistas normalmente usam. É quase farda nacional. 

O dinheiro quase não se usa. Mesmo um café é pago com MB.

 

E agora Barcelona.

abuse-neglect-violence.jpg

 "An eye for an eye will only make the whole world blind.” 

Gandhi

Bananas e o imaginário masculino

Como já disse diversas vezes, o meu mundo é essencialmente masculino. 

Portanto ao longo dos anos, aprendi a defender-me e há gestos que já me saem automáticos.

Evito sempre comer bananas em público, porque posso ser apanhada nalguma foto e a última coisa que queremos é uma foto publicada algures, com uma legenda mais picante. 

Fotolia_81632784_XS.jpg

Na Suécia, a Organização ofereceu-nos sandes mistas e bananas após o evento. Recusei a sandes por ter um género de fiambre e a alternativa foi uma banana. Abri a casca, e reparei que um dos técnicos de imagem estava a olhar para mim. Já devia estar a fantasiar... Mas acabou por afastar abruptamente os olhos quando eu parto um pedaço de banana e a como. Pareceu-me ver-lhe nos olhos um laivo de dor 

 

E este é o meu truque: ir partindo as bananas aos pedaços até ela acabar. E digo-vos, asseguro-vos, nenhum homem consegue fantasiar porra nenhuma quando estás a partir pedaço a pedaço!!

 

Aulas de geografia

Há pouco falou-se na RTP1 do sismo em Sobral de monte Agraço, felizmente sem vítimas.

 

Eu estava a trabalhar no pc, levantei a cabeça e vi esta imagem. Mas é muito difícil googlar Sobral de Monte Agraço e descobrir que não é na península de Setúbal, mas um pouquinho mais acima????

Sem Título (2).png

A cidade fica mais ou menos onde coloquei a cruz. 

Irra que estou farta de pseudo-jornalistas que a nível de cultura geral, estão abaixo do limiar da pobreza!!

 

C - Citação literária preferida

desafio.jpeg

 

A minha citação favorita é da autoria de Fernando Pessoa e remete-nos para a alma lusa com séculos e séculos de viagens e conquitas. É também a minha frase de boas vindas no blog.

 

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo.

 

A nossa herança de séculos, aquilo que trouxemos e trazemos de outros mundos e que fazem parte de nós. Para sempre. O encanto de ver o mundo como a nossa casa. 

 

Por 26 dias, a MagdaJustMaria João CovasSofia GonçalvesMulaAlexandraDrama QueenCaracolGorduchitaB♥Sandra.wink.winkFátima BentoCarla B. e Princesa Sofia e eu, respondemos a 26 perguntas sobre livros, tendo como mote o alfabeto. Às segundas, quartas e sextas, às 14h, não se esqueçam de cuscar as nossas respostas, em cada um dos blogs. Ou consultem aqui todos os posts publicados no Sapoblogs com esta tag .

Pág. 1/5