Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

Acabar a vida assim

As notícias de hoje chocam, não é verdade?

Ainda que todos nós saibamos que existem, que há familiares a recorrer a eles, continuam a chocar.

Criar uma família, ser capaz dos maiores sacrifícios pelos filhos e netos, para quando precisar, ser tratado como um pedaço de carne, perfeitamente dispensável é para mim impensável. Não vejo colocarmos um dos nossos pais num sítio daqueles. Simplesmente não vejo.

 

Não condeno quem o faça, até porque para recorrer a outras soluções, há que ter algumas posses. E é isso que condeno. Que num país que dizemos à boca cheia ser um país onde existe sistema de saúde, depois nos deparemos com poucos lares sociais, com zero fiscalização e 100% de impunidade (fecho aqui e volto a abrir ali, não foi o que disse o senhor?).

 

Os nossos pais e avós merecem melhor.

E nós merecemos melhor, porque aqueles velhotes podemos ser nós daqui a 10, 20 ou 30 anos. Assustador.