Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

Avatares eternos

Li um artigo com este título: "Sou o teu avatar depois de morreres".


Compreendo que na sociedade de hoje, centrada no indivíduo, estas empresas proliferem e encontrem quem se reflicta no conceito e as contrate.

A empresa Eternime trata do avatar através de um programa informático, que continuará a enviar mensagens, mails e a interargir com familiares e amigos, depois de morrer.

Aprende os gostos, as suas frases icónicas, as suas expressões. Parece fixe? Parece...

 

Mas.... E as pessoas que têm de aprender a lidar com a dor e a perda? 

Acredito que numa primeira fase seja muito aconchegante ter ali algo que a pessoa criou, com as suas piadas, que reconhecemos logo, com comentários que poderia perfeitamente fazer.

Mas ao fim de algum tempo, o ser humano necessita do chamado "closure", de ultrapassar, de fazer o luto. É quando abrimos as gavetas e começamos a dar a roupa, porque já nos dói mais a roupa estar ali do que já não estar.

Portanto sim, pode ser positivo como transição, mas certamente com o passar do tempo, menos catártico...

 

13 comentários

Comentar post