Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

Conseguias viver num tubo?

Li há um par de dias que em Hong Kong, devido à sobrelotação populacional, isto aliado à falta de habitação na cidade, está a originar um fenómeno no mínimo curioso.

 

Trata-se das Opod Tube Houses.

E o que são? São micro-casas, feitas naqueles segmentos de betão parecidos aos do escoamento da água. Têm apenas 9,2m2 (mas eih, há capitais europeias com apartamentos de 10m2 e por preços exorbitantes, mais do que pagamos aqui por um T3 ou T2...

São pequenas, ok. Mas o preço é de 12 mil euros, o que é relativamente acessível se olharmos para os preços de um apartamento de 55m2 que, em Hong Kong,, custa cerca de 1,6 milhões de euros (sim, espantem-se!!!).

 

 

Reconheço que é um bocadinho esquisito, mas sempre é melhor do que a alternativa - que é viver num daqueles quarto-cubículos que vemos no vídeo. E claro que os criadores deste tipo de casa sabem que se trata de casas temporárias, enquanto não se vislumbra alternativas que o orçamento possa enfrentar. E legislação que as aprove, claro...

Mas o que é certo é que podem resolver alguns dos problemas imobiliários da cidade de Hong Kong, que é uma das cidades mais caras do mundo.

E viram o vídeo? Até pode ficar fofinho, com a decoração certa!

Resultado de imagem para opod tube house

12 comentários

Comentar post