Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

Críticas absurdas

O que me ri com uma notícia que passou esta semana no site do Sapo.

Aparentemente há pessoas que depois de visitarem locais, acabam por fazer críticas tão absurdas que apetece dizer: Really, people?

Temos o nome dos locais, fica a faltar algumas das nacionalidades dos queixosos...

 

 Estava indicado que a cidade estava ao lado de um vulcão, mas nós visitámos o local e não havia lava. Tenho a certeza de que era apenas uma montanha. (América Central)

 Os animais do zoológico estavam muito tristes e isso fez os nossos filhos chorarem. Os tratadores não podem treina-los para que sorriam? (Nova Zelândia)

 Os sinais na rua não estavam em inglês. Não entendo como é possível visitar os locais assim. (Espanha)

 Eu viajei no cruzeiro em torno do Mediterrâneo e o mar estava tão alto lá fora, não consegui dormir.

 Fiquei desgostoso ao saber que quase todos os restaurantes serviam curry. Eu não gosto de comida picante. (Índia) 

 Os elefantes que vimos na nossa lua-de-mel, estavam visivelmente excitados, o que fez a minha esposa ficar chateada e me fez sentir inadequado. (Quénia)

 O meu namorado e eu pedimos camas individuais no nosso quarto e foi-nos entregue cama dupla. Agora estou grávida. (França)

 As mulheres estavam a tomar banhos de sol em  topless na praia e o meu marido passou o dia a olhar para elas. (Espanha)

 Ninguém nos disse que haveria peixes no mar. As crianças ficaram surpreendidas e chateadas. (Itália)

 Não havia nenhum sinal a dizer que não deveria fazer o passeio de balão de ar quente se tivesse medo de alturas. (Turquia)

 A praia era tão arenosa que entrou na roupa e era difícil lavar a minha pele. (Tailândia)

 Foram necessárias nove horas para o nosso avião efectuar a viagem desde o Reino Unido. Mas os americanos no nosso resort disseram que o deles só levou três horas. (Caraíbas)

 A areia era muito branca e não amarela como mostra o folheto. (Maldivas)

 O nosso apartamento de um quarto era muito menor do que o apartamento de dois quartos do lado. (Portugal)

 A loja local não tinha praticamente nenhuma comida britânica e não tinha em stock a minha marca favorita de biscoitos. (Bulgária)

 Havia muitos estrangeiros e todos falavam espanhol. (Espanha)

 Nós comprámos óculos de marca no mercado e depois descobrimos que eram falsos. (Quénia)

 Nós não conseguimos aproveitar o passeio porque o nosso guia era muito feio. (Grécia)

 A praia tinha muitas pessoas gordas. Era horrível. (Espanha)

 

A essência da estupidez, traduzida em palavras! 

 

20 comentários

Comentar post