Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

Desafio já fiz / nunca fiz

20661143_3gQQq.jpeg

Fátima do Porque eu Posso e a C.S. do Há Mar em Mim desafiaram-me e eu não resisti porque adorei o desafio. Claro que não posso responder monossilabicamente, mas já que o caminho foi desbravado, vou seguir as pegadas:

 

 1. Eu nunca fiz um interail - quando era jovem e com idade para isso, o meu pai não alinhava nessas liberdades a que ele chamava libertinagens. Depois comecei a voar para diversos pontos do mundo e acabou por ficar em segundo, terceiro plano. Hoje tenho pena de não o ter feito. Mas a idade traz-nos exigência e algum poder, portanto gosto de uma boa cama com lençóis daqueles... Mas já fiz "interacqua", conta? Leia-se cruzeiro!

 
2. Eu já participei num concurso - Quando andava no 11º ano concorri a uma viagem nas férias de Natal interescolas e fui escolhida. Foram escolhidos os melhores alunos de diversas escolas de Setúbal e o prémio foi uma ida de autocarro para a neve no norte de França. Foi uma iniciativa de jumelage
Para além disso, participava em saraus de ginástica e um dia ganhei uma exibição de trave no Vitória de Setúbal.
 
3. Eu já conheci a pessoa que mais admiro neste momento. Trata-se de uma pessoa que é CEO de uma empresa canadiana, viaja como eu, é assumidamente e casadamente gay, fã incondicional de meias fora-de-série e finalmente, meu amigo!
Para picar um bocadinho a Fátima, tenho a dizer que faço parte daquele leque alargado de portugueses que já foi osculado pelo Presidente. Foi numa cerimónia privada, tenho uma foto desse momento e digamos que o PR exagerou no abraço! 
 
4. Eu já caí na rua - ai meu deus, tantas vezes... A penúltima vez foi na Suíça, em que escorreguei na neve e parti a cabeça. Andei de colar cervical, semanas!! Mas viajei nessa mesma noite e só fui ao hospital em terras lusas, depois de aterrar. Avisei a hospedeira para o caso de me sentir mal com a altitude. A última vez foi o ano passado e foi numa caminhada pelo campo a descer uma serra. Caí de joelhos de uma altura de praí de 5 metros, para a estrada que atravessava. dei cabo da anca. Sim, eu sei, não sou nada meiguinha...
 
5. Eu já desmaiei - em pleno Cais do Sodré, prontinha para apanhar o barco para a outra margem. Acordei no HSJ. Penso que foi uma vez sem exemplo. Não gostei da sensação de perda de controlo. Sentimos que nos estamos a desligar, mas não conseguimos evitar!
 
6. Eu nunca estive em coma alcoólico - Nunca, mas nos meus tempos loucos de estudante, estive perigosamente perto. 
 
7. Eu já experimentei drogas - aqui estou de novo a falar dos meus anos loucos de estudante. Bairro Alto, Frágil, Gingão... Coisas leves, fumadas, que os meus bracitos estão virgens, exceptuando quando vou às análises 
 
8. Eu já me vinguei de alguém que me fez mal - Claro que sim. Só para esclarecer, sou uma Alentejana a residir no Algarve. Basta com explicação? Não?? Entãoooo: as alentejanas não se ficam e as algarvias são marafadas!
A sério, não sou capaz de ver sequer uma injustiça que não tenha de meter comentar e vexar o parvalhão. Mas isto veio-me com a idade, já que quando era jovem, deixava que todos me pisassem os calos!
 
9. Eu já tive um acidente - estava num evento dos meus e tinha motorista. O desgraçado adormeceu ao volante e saímos da estrada. Descemos uma ravina e só saímos de lá com um reboque. Mas sem arranhões.
Pessoalmente, nunca bati, nem nunca me bateram. E não, não conduzo só carrinhos da feira!
 
10. Eu já andei de avião - Já fiz mais de 400 ou 500 voos, nunca os contei, mas multiplicando o número de anos por viagens anuais, chego facilmente a um número aproximado. Continentes, falta-me a Austrália, mas está nos planos...
 
11. Eu já bebi demais - ainda se lembram dos meus anos loucos de estudante? Pois... Mas as ressacas não são todas iguais e se há bebidas que ainda hoje bebo bem, há outras que nem que um copo passe a 2 metros de mim, eu consigo evitar o movimento involuntário da minha epiglote  Martini é um deles...
 
12. Eu já confundi uma pessoa com outra - até porque tenho um problema de identificação, ou seja, quando vejo uma pessoa fora do seu contexto, dificilmente consigo chegar lá. Muitas vezes dava-me jeito aquele elefante do memofante a acenar-me com a placa do nome da pessoa!!
 
13. Eu já e nunca me perdi num país/cidade estrangeira - a pé não me perco, descubro. Mas de carro, oh meu deus, de carro sou a rainha da perdição! Só de GPS, a sério. Ainda ontem, quando dei por mim, estava a passar em estradinhas com placas de localidade que nem nunca tinha ouvido falar. Como não estava no meu carro, tive de recorrer ao telemóvel, porque já nem sabia para que lado era o Norte...
 
14. Eu nunca tive uma experiência paranormal - nada, niente, nunca.
 
15. Eu já roubei - nêsperas. Quando estava grávida, comi as nêsperas todas do pátio da clínica onde trabalhava. Tenho a dizer que o meu filho nasceu em Maio e portanto comi-as verdes. Elas nem tiveram hipótese de amadurecer nesse ano de 1996.
 
16. Eu já apaguei coisas do facebook - não por ter poucos likes, mas por opção. Foi há poucos meses, e apesar de não ter apagado a conta (preciso dela para algumas coisas), apaguei todas as fotos e historial.
 
17. Eu já traí alguém - infelizmente já, na juventude, tudo é tão efémero. A partir do momento em que entrei na idade adulta, isso deixou de ser uma opção.Para mim. Infelizmente, nem sempre quem estava comigo assim procedeu.
 
18. Eu já deixei de falar com alguém que me magoou - Claro que sim. Até porque já não deixo recados, agora digo tudo. E se uma pessoa magoa alguém, sem pedir desculpas nem mostrar intenção de o fazer, deve ser afastada.
O meu lema é caminhar com raios de sol, não com raios. 
 
Respondi com sinceridade a todas as perguntas? Sim, bien sûr!
 
 
A quem passo a batata?
 
Já muitas pessoas foram nomeadas, mas vou arriscar:
Sintam-se livres de responder - ou não 
 

 Eis as regras

 Responder a todas as perguntas apenas com "Eu já" ou "Eu nunca" .

 Responder à última pergunta com "sim" ou "não".

 Colocar a imagem oficial do desafio (obrigatório).

 Referir quem vos passou o desafio.

 Passar o desafio a pelo menos 4 pessoas (semi-obrigatório)*.

*não é de todo cariz obrigatório porque nem toda a gente gosta de nomear, era porém para dar alguma continuidade ao desafio.

 

22 comentários

Comentar post