Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

Fim da hora de verão?

Percorri os olhos pelas notícias e fiquei imediatamente refém desta notícia.

 

A Finlândia pediu a extinção do ritual anual de passagem às horas de verão e de inverno. E na sequência, a UE pediu um estudo para medir o impacto do horário de verão e perceber se ele deve continuar a existir. 

 

E portanto ontem, o Parlamento Europeu aprovou uma moção para que a Comissão Europeia realize esse estudo. Essa moção foi aprovada por 384 votos contra 153, mas ainda não é vinculativa. Se o estudo for realmente levado a cabo, a Comissão Europeia deve preparar um plano para rever a mudança nos relógios.

França defendeu que o adiantamento do horário deixa as pessoas cansadas, causando acidentes de trânsito. E disse Os parlamentares estão a responder ao desejo de muitos cidadãos mobilizados contra um sistema que se tornou obsoleto.

A Bélgica manifestou-se contra, por razões que têm a ver com a perda de uma hora de luz por dia.

 

Há países que já não usam o horário de verão - Rússia, Turquia, Bielorrússia e Islândia.,

Outros são contra : Lituânia, Polónia, Suécia e França.

Quem está deste lado da barreira afirma que a mudança pode causar problemas de saúde em longo prazo, principalmente entre crianças e idosos. O horário de verão é responsável por interrupções no sono e, dessa maneira, poderia afetar a produtividade no trabalho.

Quem está do lado da mudança no horário afirma que os dias mais longos no verão e a luz extra nas manhãs de inverno contribuem para a redução de acidentes de trânsito e para a economia de energia.

 

Eu pessoalmente, não gosto de andar sempre a mudar, mas gosto daquela horazinha de luz que sabe tão bem no verão. Mas também, tudo é uma questão de hábito, não é?

E qual é a vossa opinião?

20 comentários

Comentar post