Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

Final de janeiro, como estamos de resoluções?

Apesar de não as ter chamado de resoluções, deixei neste post uma linha orientadora para 2017. Pouca coisa, para não gorar as expectativas nem chegar desiludida a meio do ano.

 

Vamos fazer um balanço? Bora!

 

De Yoga e guitarra, nicles. Ainda fiz contactos para um/a professor/a particular de guitarra porque tenho que os horários da escola são demasiado rígidos e gosto de poder conciliar com as outras coisas que faço. Vou ter de procurar mais e melhor! De Yoga, nem mexi uma perninha  mas imprimi da net um conjunto de exercícios para principiantes para fazer em casa. Conta

 

Viajar, sim, sempre. Dentro e fora. Ainda só passei um fim de semana em casa portanto, check!

 

Tenho cozinhado vegetariano e inclusivamente introduzi uma amiga que não é vegetariana, a fazer alguns dos pratos que faço. Double check!

 

Tenho a dizer que quanto ao quinto ponto, nestes 28 dias, apenas num em que fui ao domingo almoçar a casa dos meus pais me esqueci de colocar base. Aliás nesse dia nem creme, só não esqueci de lavar a cara! 1 em 28 não é mau, pois não? Check!

 

Portanto, não me tenho saído mal... Bem sei, quando a fasquia é baixa, qualquer pessoa consegue... Mas e quando a fasquia é demasiado a alta?  Estima em baixo, né? Portanto mais vale escolher coisas tangíveis do que sonhar com unicórnios 

 

(post agendado)