Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

Ir a um casamento faz rombos no orçamento

Ontem a ler um pequeno artigo sobre casamentos e sobre o  que é considerada uma prenda média, achei um exagero e acabei por comentar com outras pessoas.

O artigo dizia que a prenda média a oferecer num casamento estava fixado em 174€. Por pessoa. Mais, se os noivos forem chegados.

What??? A sério?

 

A última vez que fui a um casamento foi há uns 5 anos. Simplesmente não tenho amigos nem familiares que se casem. 90% dos meus amigos são pessoas que começaram a viver juntos sem passar pela cerimónia do casamento. Porque não querem, não acreditam ou simplesmente preferem gastar o dinheiro em viagens, na casa, etc...

 

Já tinha ouvido dizer que algures no tempo, os casamentos passaram a ser um desfile de grandiosidades mas parece-me um exagero... Estamos quase como as festas de aniversário dos miúdos que hoje já não são umas sandes espalhadas pelas mesas, batatas fritas e um bolo!

 

Mas feitas as contas, ir a um casamento se formos um casal, são logo 350€ à cabeça. Juntamos roupa, sapatos, cabeleireiro (para ela), fato, sapatos (para ele) e gastamos o quê? Um subsídio de férias??

 

Sou só eu que acho isto tudo muito desajustado? Devo estar mesmo a ficar uma velha... 

44 comentários

Comentar post

Pág. 1/2