Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

Livro Secreto- Round X

9789896280888.JPG

Na continuação desta fabulosa iniciativa da M.J., e terminado que está o 10º livro, vamos iniciar o ano de 2018 com mais um livro. Atrasamo-nos um bocadinho este mês devido a problemas técnicos nos correios e às festas que não nos deu tanta disponibilidade para nos dedicarmos à leitura.

 

Trata-se de uma "comédia deliciosa", muito original e com um travo de competição que nos leva a tomar um partido. 

A  história passa-se em Nairobi e resumindo, num daqueles clubes de senhores, é iniciada uma aposta de cavalheiros. Essa aposta vai levar os dois rivais a anotar os pássaros observados durante essa semana. E quem avistar mais, aves ganhará a possibilidade de convidar Rose, para o Baile do ano.

O senhor Malik é o nosso protagonista. Não o narrador, mas a nossa escolha preferencial. Trata-se de um senhor de cabelos brancos, viúvo, e cujo filhos também já morreu. Parece uma pessoa simples, mas ao longo da narrativa vamos percebendo a pessoa complexa e dissimuladamente simples que ele é.


A escrita é muito leve e encantadora. Mas apesar do entusiasmo que senti ao ler a história, na antecipação de quem ganharia  a aposta, senti uma única dificuldade. Foi a questão das aves. Presumo que quem tenha fascínio por aves, possa sentir que está no Quénia, a acompanhar as pesquisas dos dois homens. Não foi o meu caso. Mas passei mais rapidamente sobre as descrições das aves, de maneira a poder seguir aquela história romântica pejada de imprevistos.

 

A aguardar pelo próximo...

 

Livro enviado por mim: "Ferrugem americana" de Philipp Meyer

*************************************************************************

Fevereiro 2017 - "Às Terças com Morrie" de Mitch Albom

Março 2017 - "Obrigada pelas Recordações" de Cecelia Ahern.

Abril 2017 - "O Velho e o Mar" de Ernest Hemingway

Maio 2017 - "O ladrão de Sombras" de Marc Levy

Junho 2017 - "O Talentoso Mr. Ripley" de Patricia Highsmith

Julho 2017 - "Os Olhos de Ana Marta" de Alice Vieira

Setembro 2017 - "Palestina" de Hubert Haddad

Outubro 2017 - "Homens Imprudentemente Poéticos" de Válter Hugo Mãe

Novembro 2017 - "O Carteiro de Pablo Neruda" de António Skarmeta

Dezembro 2017 - "As Asas do Amor" de Nicholas Drayson

5 comentários

Comentar post