Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

Mãe... Pai...

Quando o meu filho era pequeno e nos dávamos com mais pais daquela idade, apercebi-me de um fenómeno que achava no mínimo estranho.

Que se diga, pede ao pai, vai ter com a mãe, é uma coisa. Mas eu conhecia casais que se chamavam de mãe e pai, em todas as ocasiões. Até quando estavam com outras pessoas. 

Achava tão estranho. Acho que se fosse comigo, respondia: "Eu não sou tua mãe! Sou tua mulher, tua amante, tua melhor amiga, tua confidente, tua companheira de quarto, tua alma gémea, tua parceira... mas não sou tua mãe!"

Já não basta perdermos um pouco da identidade quando passamos a ser mãe (porque deixamos de ter nome nalguns círculos, para passamos a ser mãe de...), ainda a perdemos em casa?

E convosco como é lá em casa?

 

6 comentários

Comentar post