Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

Momentos embaraçosos 3

 E hoje termino a trilogia dos momentos embaraçosos. Para mim, este é o melhor de todos. A par do primeiro, talvez.

A cena foi-me contada por uma amigo que trabalhava como enfermeiro num hospital público, e tem cerca de 2 décadas.

 

Uma certa noite, tarde, entrou um homem na casa dos 30 anos nas urgências do hospital.

O problema deste senhor é que tinha um peixe congelado enfiado no rabo. Sim, leram bem: um peixe congelado e a segunda palavra-chave era rabo

O problema não seria nenhum, como me explicou o meu amigo, se fosse outro objecto qualquer, mas o peixe descongela ligeiramente em contacto com o nosso organismo (mãos ou neste caso, rabo!), e as pequenas espinhas, ao tentar retirar, levantaram e impediram que o peixe saísse daquele buraco (desculpem, não resisti ao trocadilho )

 

Mas ainda não satisfeito com a situação, ele sentiu necessidade de explicar aos enfermeiros e médico que o atenderam, como se tinha metido naquela situação. Então, tentem não rir...

 

O senhor ficou fechado do lado de fora de casa. (ele não esclareceu, mas dado ter chegado ao hospital com um robe vestido, deve ter ido de robe ao jardim).

Andou a forçar janelas e conseguiu entrar pela janela pequena da despensa.

Conseguiu passar pela janela e caiu do lado de dentro da despensa.

Em cima do peixe.

Com o rabo mesmo em cima do peixe.

E o peixe estava de pé, hirto e congelado, assente na sua barbatana, de cabeça para cima, à espera que...

 

Conseguem imaginar? Não??

 

Mas como?? Como é que o senhor achou que esta história era minimamente credível??? 

Para consultar o momento 1 e o momento 2, cliquem aqui.

12 comentários

Comentar post