Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

Primeiras impressões

Assim que cheguei a Gotemburgo, deparei-me com casas de banho mistas. Grande avanço para os suecos, Mas para esta portuguesinha, não parece grande ideia. Faz-me confusão. E ainda que também hajam mulheres menos asseadas (podemos constatar isso de vez em quando nos wc), temos a convicção de que somos mais limpinhas do que os homens. Fui lavar as mãos e... água quente. Corrijo: água quase a ferver. Please, quero água fria! Resposta: não há  (mais tarde percebi porquê)...

1.jpg

 Saio do espaço de chegadas e tenho o taxista pré-marcado à minha espera. De farda, limpinho, bem apessoado. Fixe. Propõe-me levar a mala, o qual declino delicadamente. Não exageremos!

Segunda surpresa do dia: carro eléctrico. Quando percebi, já rolávamos. Comentei e a resposta foi que grande parte dos carros já é eléctrico. Confirmei na estrada pois quando passávamos por algum, eu procurava e nada de tubo de escape. Não sei se me habituo a este silêncio do carro em ponto-morto...

 

Chego ao hotel, desarrumo a mala e desço para jantar com amigos suecos e noruegueses. Constato que entre noruegueses e suecos, há a mesma guerrinha que entre espanhóis e portugueses: amigos, mas sempre com piadinhas de quem já se conhece há muito tempo e tem uma longa história entre países. 

 

Quando chego ao quarto, decido que quero água fria no lavatório. Percebo finalmente o porquê da água sair tão quente no aeroporto. A água que sai da minha torneira é tão gelada, que parece vinda directamente de um iceberg atracado aqui por perto! E dormir em pleno Agosto, enroladinha num edredon? What an experience! 

 

Ontem fui dar uma volta de manhã, e ficam aqui duas fotos de uma pequena cidade nos arredores de Gotemburgo.

2.jpg

Uma igreja moderna, redonda, mas muito acolhedora.

3.jpg

As casas de madeira, tão comuns por aqui e nos fazem pensar imediatamente na Heidi!!

10 comentários

Comentar post