Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

Quando tudo parece desmoronar...

Ontem e hoje são dois dias para esquecer.

Tenho relatórios para finalizar, dados para submeter - ou resubmeter, pelo vistos houve um erro e já recebi um mail da Suiça a dizer que tenho de corrigir -, tenho de terminar até amanhã um texto em inglês sobre um dia na minha vida para uma publicação local, para além do meu trabalho normal no escritório.

 

Para além disso, juntar uma questão que apareceu há umas semanas e que eu pensava estar resolvida pela minha entidade em Lisboa e que parece não estar. Um estagiário no seu primeiro dia de trabalho teve da minha parte todo o apoio possível, desviei inclusivamente uma pessoa de um lugar-chave para o acompanhar e assistir para que ele tivesse apoio, mas aparentemente não ficou satisfeito. Pediu uma audição, escreveu cartas de 2 e 3 folhas em que não se percebe o sumo, enviou cartas lacradas (!!) a diversas pessoas, e ontem voltou à carga.

Estou de consciência tranquila, fiz o melhor - não foi o meu melhor, foi o melhor! - e ninguém entende o que ele quer com aquela audição. Desconfio que se trata de uma daquelas pessoas que precisa de atenção e tem de ter o spot de luz sobre ele. Mas foi o suficiente para o mail de ontem à tardinha me colocar fora de órbita!!

 

Há pessoas que só chicoteadas... (figura de estilo, claro, que eu não sou de violências...) 

 

12 comentários

Comentar post