Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

Resgates informáticos

Nos últimos anos, com maior ou menor frequência, ouvimos falar de empresas que foram pirateadas.

O que muitas vezes não é contado é que os hackers para não divulgarem dados essenciais ou confidenciais, pedem um resgate a essas empresas. Alguns desses resgates são para evitar a divulgação de dados básicos, emails, clientes, etc..., outras para permitir que a empresa tenha de novo acesso ao seu servidor.

E acho isso assustador. Porque é feito à distância. Qualquer pessoa ou empresa pode ser um alvo.

 

Recentemente li que a Netflix foi pirateada. Um grupo de hackers pediu um resgate para não divulgar todos os episódios da nova temporada de Orange Is The New Black. Como o resgate não foi pago, a temporada acabou por ser divulgada.

 

Ok, isso são apenas séries, dirão vocês. Mas e o que se passa com as clouds, com as fotos e ficheiros que são roubados por esse mundo fora? Quão seguro estamos nós? Aquela foto mais picante, um vídeo que nunca devia ter sido feito, o início de um livro que se escreve ou as nossas passwords.

Temos de decidir como vamos acabar por guardar as nossas informações, fotos, vídeos, ficheiros, porque já vimos que hackear não é assim tão difícil para quem sabe. E apesar de não sermos possivelmente potenciais alvos para resgate, qualquer um de nós pode ser vítima de uma vingança, de uma maldade.

 

Portanto, temos de começar a ver esta era tecnológica com outro olhos e começar a adoptar atitudes de cuidado e precaução.

 

2 comentários

Comentar post