Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

Ser mais japonês?

Há algumas coisas do Japão que me fascinam. Algumas coisas.

Certas atitudes, a alimentação (como acompanham as refeições com chá em vez de bebidas geladas, o que devia ser óbvio para nós também) e muitos hábitos relativamente à casa que parecem muito positivos. E é desses que venho falar.

 

Tirar os sapatos à porta de casa. Sabemos que os sapatos transportam coisas pouco higiénicas que levamos para casa e se pensando bem, efectivamente... usamos sapatos da rua, depois em casa nos tapetes; mais tarde sentamo-nos ou deitamo-nos no tapete, transferimos do tapete para o pijama, do pijama para os lençóis, etc....

Claro que no Japão esse hábito também se estende a templos, escolas, escritórios. 

 

Depois gosto do funcionamento das portas de correr. Não tenho muitas portas em casa, e as que tenho raramente se fecham, mas adoraria ter uma porta de correr de bambu, com papel translúcido. Os meus gatos adorariam também 

 

A geração mais jovem acabou por adoptar o uso de camas, mas a maior parte dos japoneses dispensam e usam o tatami e futons. Já viram japoneses com dores de costas? Eu também não! Mas não é por causa disso que vou dispensar a minha caminha... 

 

Por norma os apartamentos no Japão são pequenos, mas os poucos móveis libertam o espaço. Pensemos apenas que a maior parte não tem camas e as cadeiras também não são usuais,certo?

 

Resumindo, casas mais vazias, mais higiénicas. Porque não adoptar (apenas) os bons costumes?

 

26 comentários

Comentar post