Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

Viajar para tomar conta de Pets

 

Há dias li um artigo na net sobre formas de viajar e ficar em casa de pessoas a troco de serviços. Faz todo o sentido se isso não nos incomodar, porque os gastos são mínimos e tem-se normalmente o mesmo tipo de liberdade. Normalmente a única condição é que precisamos de ter disponibilidade para o fazer.

 

Tenho um casal amigo inglês residente aqui no Algarve que foi passar o final de Julho e Agosto aos USA. Estão registados num site que confirma que as pessoas são "boas pessoas", não criminosas ou duvidosas (é normal que se tenha de fornecer algum tipo de atestado). Escolhido o destino e a casa, fazem uma ou duas entrevistas via skype com os donos da casa e definem as regras. No caso deste casal, os donos da casa iam passar um mês e meio a África e precisavam de alguém que lhes tomasse conta da casa e do cão que ficaria lá. A casa era isolada, numa espécie de quinta e poderiam usar o carro durante a estadia. Quando chegaram, tudo conferia. Casa, cão, carro, e ainda o frigorífico cheio de coisas frescas para que não tivessem de ir às compras tão cedo. Gentileza dos donos da casa.

 

Eles aproveitaram para conhecer toda a região, chegaram a dormir fora (não sei como foi a logística  por causa do cão) e vieram para casa encantados com a viagem, com a experiência. Quando nos contaram, todos nós tomámos nota mental para ser uma coisa a fazer quando estivéssemos reformados.

Segundo eles, há imensos sites com alternativas, seja para tomar conta de casa, animais, trabalho voluntário, etc...  

 

Uma boa ideia, não?