Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

happyness is everywhere

Desafio 52 semanas

Encontrei este desafio aqui no Sapo, numa altura em que ainda não tinha blog. Mas a ideia subjacente fascinou-me e na altura copiei as perguntas só porque sim.

E o só porque sim chegou agora. Provavelmente muitos de vocês já o fizeram, mas para os mais novatos aqui neste "bairro" (como lhe chamou ontem o Pedro), fica uma ideia interessante de se darem a conhecer aos outros. Gorduchita, C.S., Carlos, Um café,duas natas, Triptofano, David, enfim esses são apenas alguns dos novatos de que me lembro. Os outros são bem vindos, igualmente, claro!

 

Vou portanto tentar completa-lo e publicar as respostas às sexta-feiras até* às 13h00. Esta é apenas uma sugestão. Quem quiser poderá escolher outra altura. 

* Post editado para precisar horário) 

 

Sintam-se livres de aderir, usando a Tag 52 Semanas. 

 52.0.JPG

(imagem da autoria da Fátima)

 

Aqui ficam as questões das diferentes semanas: 

Semana 1: Coisas que me fazem ficar feliz.

Semana 2: Eu nunca...

Semana 3: Coisas para se fazer no calor.

Semana 4: As minhas citações preferidas são: (trechos de livros, de músicas, frases de autores, etc).

Semana 5: Fazem parte da minha wishlist.

Semana 6: Os super poderes que eu gostaria de ter se fosse um super herói seriam…

Semana 7: Eu sempre…

Semana 8: Os melhores filmes infantis que já assisti foram...

Semana 9: Pessoas que eu gostaria de conhecer/ter conhecido.

Semana 10: As minhas comidas favoritas são...

Semana 11: Os meus brinquedos favoritos na infância eram...

Semana 12: Coisas para se fazer no frio.

Semana 13: Fico envergonhada quando…

Semana 14: Os meus sites favoritos na internet.

Semana 15: O que há de pior no mundo virtual?

Semana 16: Isso, para mim, não é diversão.

Semana 17: Personagens cuja vida eu gostaria de viver por um dia: (filmes, livros, séries, etc).

Semana 18: Sinto saudades…

Semana 19: As minhas séries preferidas.

Semana 20: Fico de mau humor quando…

Semana 21: Os meus piores defeitos.

Semana 22: No meu frigorífico tem de haver...

Semana 23: Coisas que me incomodam no mundo contemporâneo.

Semana 24: Casais preferidos (filmes, séries, livros, etc).

Semana 25: Tenho pavor de…

Semana 26: Se eu pudesse mudar de profissão, eu seria…

Semana 27: Coisas divertidas para se fazer nas férias.

Semana 28: As minhas maiores “neuras” e manias são...

Semana 29: Filmes que me falam ao coração.

Semana 30: Fico impaciente com pessoas que…

Semana 31: Quando não tenho nada para fazer, gosto de…

Semana 32: Ainda quero aprender...

Semana 33: Tenho medo de…

Semana 34: Livros que eu acho que toda a gente deveria ler.

Semana 35: As minhas piores compras foram...

Semana 36: Morro de preguiça de…

Semana 37: O que, de melhor, o mundo virtual te trouxe/traz?

Semana 38: Desculpa, mas eu acho reles...

Semana 39: As minhas melhores qualidades.

Semana 40: Os meus "cheiros" preferidos são...

Semana 41: As coisas mais difíceis num relacionamento amoroso são...

Semana 42: Queres acertar no meu presente? Então dá-me…

Semana 43: Músicas que eu não me canso de ouvir.

Semana 44: Os meus vilões preferidos são...

Semana 45: Lembra-me a minha adolescência.

Semana 46: Parece que todos sabem _______________, menos eu.

Semana 47: Quando eu estou apaixonada…

Semana 48: Nunca tive coragem de…

Semana 49: Lugares no mundo que eu gostaria de conhecer.

Semana 50: Pessoas que eu admiro.

Semana 51: Coisas que me marcaram neste ano.

Semana 52: No ano que vem eu quero.

Astros alinhados

Sabem quando tudo se conjuga com harmonia, como se os astros conspirassem para que tudo se alinhasse?

 

Foi o que senti quando vi agora que o pão ia subir 20% este ano!

 

Tudo alinhadinho para que comece a miha dieta: Sobe tudo, menos o meu ordenado... 

Começo bem o ano...

mancha.jpg

E não, não são os meus recentes 50 anos...

É mesmo um hábito que tenho há anos, um mau hábito, aliás, de só lavar os dentes depois de banho tomado e depois de vestidinha, eventualmente maquilhada, enfim... prêt-à-sortir!

 

E sim, sempre tive este problema, penso que relacionado com a minha altura, e o facto de ter algumas mamas .

 

O que é certo, é que metade dos dias da semana chego assim ao escritório...E lá tenho de ir à casa de banho disfarçar a baba misturada com pasta de dentes. Muito nojento?  

Acho que esta deveria ter integrado a lista de objectivos para 2018: Evitar a baba matinal, ou comprar um babete para a lavagem dos dentes!! 

 

 

Um ano de blog, can you believe it???

4654d23e88a6551e6c015ce03104a355 (2).jpg

 

Faz hoje um ano, decidia abrir este espaço no Sapo. E porquê no Sapo? Porque comecei a usar a homepage e ganhei o hábito de todos os dias dar uma espreitadinha nos blogues. A partir daí, fiz uma lista manual com aqueles blogues que gostava mais e ocasionalmente ia à procura das suas publicações. Comecei a subscrever alguns por email. Mas não conseguia comentar a não ser de forma anónima. E por isso, limitava-me a ler o que cada um de vocês escrevia. Até que isso deixou de ser suficiente.

Et voilá! No dia 1 de Janeiro, lá me aventurava a criar um blog sem saber no entanto, se me manteria por aqui. Foi uma daquelas decisões de ano novo, que não sabemos se teremos arcaboiço para manter ou não. 

E este comentário retirado do site da Chic'Ana, num texto em que participei, é muito divertido!

opinião blog (3).png

 

Alguns dias depois surgiam os primeiros subscritores. Pessoas que me liam por opção própria, que comentavam, que gostavam das minhas fotografias, dos meus textos, das minhas histórias. E isso incentiva, temos de ser francos.

Escrevemos porque nos dá prazer, mas se não houver feed-back o gostinho não é o mesmo. Passa a ser um texto que poderíamos ter escrito num guardanapo e enfiado para dentro de uma gaveta...

 

Traduzindo em números, foram 365 dias de posts, em que publiquei todos os dias (salvo erro, falhei dois dias), com dias mais produtivos, num resultado final a 31 de dezembro, de 173 subscritores mais 7 por email, 1080 post, 7444 comentários (metade são meus, claro), 2283 reacções, 19798 visitas, 70320 visualizações que acabam por dar vida a este blog. 

 

 E pronto, a partir daqui, é uma bola de neve. Criam-se laços com algumas pessoas, interessamo-nos pela sua vida, pelas suas publicações, preocupamo-nos quando ausentes. Acaba por ser um prolongamento de nós.

Dou por mim satisfeita, a desejar não crescer mais (dá para entender?). Porque mais subscritores implica mais blogs que sigo (entenda-se que uma coisa não obriga à outra) mas já não tenho tempo para seguir mais gente, já que seguir implica não apenas fazer parte da lista, ou passar os olhos pelos cabeçalhos, mas sim ler os textos, comentar, interessar-se... Ou pelo menos eu vejo assim...

 

Senti um carinho muito grande da vossa parte, um apoio por fazer parte da família Sapo, e neste universo, pude conhecer pessoas fantásticas, cujas palavras se elevam e criam pontes. Tive a oportunidade de conhecer fisicamente duas delas, e confirmaram aquilo que o blog mostra delas: duas pessoas simpáticas, cheias de sonhos, duas pessoas que me inspiraram.

 

Hoje o Happyness is everywhere faz um ano, e este ano foi um ano mais rico, mais interessante.

Pág. 7/7