Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

happyness is everywhere

5 coisas boas (+ fotografia da semana) #29

Depois de muito hesitar, finalmente desenhei a viagem do fim de semana e decidi-me pelo avião e retorno por TGV via Paris.

  

Terça-feira, 17

Fui jantar com uma amiga. Apesar do tempo me fazer falta para preparar a viagem e as papeladas das reuniões, foi tão bom. Não devíamos ter de optar entre duas coisas boas! Tentar sempre fazer ambas - remind mental  

 21092779_925Pz.jpeg

 

Quarta-feira, 18

Este dia foi super doce porque o Sapinho resolvei fazer-me uma surpresa e destacar um post meu. Muito Obrigada Equipa Sapo!

 

Quinta-feira, 19

Já em modo preparação, em piloto automático para viajar para Lille, fui à agência de viagens buscar o bilhete emitido e a factura.

 

Sexta-feira, 20

Esperava o meu filhote ao final da noite mas pelos vistos foi um mal entendido. Ele chegou às 8h da manhã. Aproveitámos para colocar a conversa em dia. Fiz a mala - só por dois dias, não sinto muito stress. E depois a minha lista é uma ajuda preciosa para não me esquecer de nada! 

 

Fotografia da Semana # 29

 29.jpg

 Église Saint-Léger de Pérenchies - Pérenchies/Lille (vista de uma janela da Câmara Municipal)

Nunca tinha ido à Midas e gostei!!

Ontem quando aterrei em Lisboa, tinha os minutos contados. 

Duas horas e meia de viagem, e uma reunião às 10h30 na câmara municipal, reunião essa que eu já tinha avisado que chegaria mais encostada às 11h.

Consegui chegar ao parque do aeroporto por volta das 8h05. Tinha uns papelões no chão, mas não liguei muito. Arrumei mala, entrei, fiz marcha atrás e saí. Oiço uma pancada no carro. Pensei que alguém estaria deitado nos cartões. Afligi-me e saí do carro. Nada. Talvez fosse um gato que estivesse por ali?

 

Dirigi-me à saída e apanhei o acesso à AE Norte para apanhar a Vasco da Gama. 

Comecei a ouvir uns barulhos. Mas que raio?? O carro veio da oficina na 5ª feira, como é que pode ser??

Não podia parar na rotunda, nem depois no semáforo, pelo que fui devagarinho até à Galp que se encontra junto à AE, na Portela. Espreitei debaixo do carro e morri ali.

Tinha uma peça caída e a arrojar pelo asfalto!

 

Já a maldizer a vida, fui escolher onde aparcar e verifiquei que tinha a Midas logo ali. Mesmo no azar, sou uma mulher com sorte!! Eram 8h20 e a oficina abria às 8h30.

Aguardei que as pessoas à minha frente fossem à recepção e aproveitei o facto dos mecânicos ainda não terem carros atribuídos para pedir uma opinião. Tratava-se de uma chapa que se encontra debaixo do motor e que está encostada à saia, tipo grelha. (Os homens que desculpem o palavreado, mas a ignorância feminina neste assuntos e no meu caso, roça o ridículo)

Nada a fazer, o melhor é desmontar e depois logo vai à oficina quando puder. Obrigada!

Voltei à recepção, fiz a ficha, expliquei o caso. Aguarde o nosso telefonema.

(fiz o meu melhor olhar de bambi): Sabe, vivo a 300km e tenho uma reunião às 11h. Não me pode dar uma olhadela?

O recepcionista foi falar com o mesmo mecânico que já havia visto o meu problema. Ele foi buscar o carro, colocou no elevador e em vez de retirar a peça toda, que eu já imaginava a conspurcar-me o porta-bagagens, optou por prender o lado esquerdo da peça com zips.

 

Terminado o serviço, e já com as 4 rodas no chão, verificou as luzes todas, o óleo e mais uns apetrechos.

Gostei bastante do serviço. Parecem ser muito criteriosos. E o melhor de tudo? Não me levaram nada!

Acabei por dar uma gorjeta ao rapaz que me tratou do carro, porque fiquei mesmo reconhecida. Especialmente por estar a entrar na reunião às 11h14!

Uma ida ao supermercado, e entro em parafuso!

Alguém me explica o que faz TANTA gente espetar o dedo numa meloa?? É que eu tenho poucos neurónios e alguns já em estado de defundez e não chego lá sozinha! Help 

meloa.jpg

Tudo de pantanas # 11

Em Alvarado, uma cidade do Estado mexicano de Vera Cruz.

E para uma população de 23.000 habitantes, têm um universo de 130 polícias.

 

Recentemente foram os testes com armas de fogo e desses 130, 100 falharam as provas.

Ora o Mayor lá do sítio não foi de meias medidas e equipou esses 100 polícias com... armas alternativas!

 

Sim, fisgas e pedras!

Sem Título.png

 

Roma - Parte III

 Vamos ao último post sobre Roma. A maior dificuldade deste conjunto de posts foi escolher o que mostrar e reduzir as fotos a uma dezena. Vocês sabem lá!

 

Descer as escadarias da Piazza di Spana - sim, aquela dos desfiles de moda é qualquer coisa de fenomenal. Acabámos por dar um grande passeio e quando demos conta estávamos nas costas da  igreja de Trenité del Monti, que é simplesmente espectacular. O topo da escadaria é linda e caso não queiram subir, têm um elevador mesmo ao lado do metro. Nós optámos por descê-las e não foi pêra-doce. Confesso que ganhei um novo respeito pelas modelos que descem aquelas escadas em cima de stilettos altíssimos. Eu ia de salto raso e vi-me aflita para os descer, tal era o arredondado do degrau.

A seguir, a belíssima Fonte di Trevi. E não, não joguei nenhuma moeda! 

 

IMG_0505.jpg

Até podem alegar que a melhor geladaria de Roma é a mais famosa, a mais antiga, blá blá blá - Tre Scalini, mas depois da nossa farta experiência, elegemos unanimemente a Don Nino, mesmo ao lado da Fonte di Trevi 

  

A cidade tem inúmeras fontes, todas elas ligadas. E só assim se suportava o calor, digo-vos desde já. Mas fez-nos pensar que o que gastavam em água, economizavam em luz. Já se devem ter apercebido que muitas das fotos tiradas de noite são bastante escuras. E eram. Qualquer rua e mesmo avenida, era percorrida sob aquelas mini candeeiros. Mesmo as avenidas têm candeeiros suspensos no meio da avenida o que resulta em passeios mal iluminados. Outro aspecto menos positivo de Roma foi a quantidade de lixo que vimos aglomerado. Não sei se a nossa estadia coincidiu com alguma greve, mas havia lixo por todo o lado...

 

O mercado de Roma, junto ao Vaticano é qualquer coisa de fenomenal. As cores, as variedades, a oferta.

Gostei especialmente de saber que a nossa ASAE não põe lá os pés. E portanto eles vendem tudo avulso: saladas variadas, cogumelos, massas frescas, ervilhas já descascadas, ovos avulso e arroz ao quilo!

 

DSC_0137.JPG

E para terminar, a minha mensagem especial!

 

 Veja aqui Roma Parte I e Roma Parte II 

Update da minha gata

A minha gata Lua já está boa.

Como vestígio tem apenas uma crosta no pescoço que penso ser ainda a cicatrização da biopsia que fez, já que ficou com pontos um bocadinho espalhados por toda a cabeça.

O mais aborrecido desta situação toda, foi não se ter sabido com certeza, qual foi a sua maleita. Deu negativo para fungos, mas a medicação resultou. Deu negativo para doença auto-imune e deu positivo para uma infecção bacteriana. Meaning: nunca saberemos o que teve...

lua.jpg

 

Mas é tão reconfortante vê-la a brincar de novo. Desde cedo que a ensinámos a brincar com bolinhas de papel. A forma como reage a papel amachucado é prova disso. Se não a queremos acordar, não podemos amachucar papel, caso contrário salta como se fosse uma mola.

 

Normalmente há bolinhas de papel por toda a casa (sim, eu sei... ), mas quando não tem bolinha, procura um papel que esteja a jeito. Já conhece o sítio onde os pode ir procurar, mas normalmente escolhe a cozinha, onde deixo os talões do supermercado. Então, é vê-la com a ponta de um talão na boca, com o resto do papel a arrastar pelo chão e ela a pisar o papel e a ser travada, e a mudar a patinha para o lado e a dar mais um passo... Isto enquanto mia numa tradução muito literal "Estou a chegar, dona! Prepara-te!"

 

Que pagode!

Eu sei que me queixo de barriga cheia, mas

Quando me deparei com esta notícia, fiquei com vontade de chorar...

ferias.png

Não, não tenho 

Aliás até as deste ano já estão quase esgotadas. Daqui a nada vou começar a gozar as férias de 2019... 

 

A caminho de França

Paris.jpg

Não esperei muito, já vou a caminho!!

Até 2ª feira!

 

Desafio das 52 semanas - Semana 29

20817683_bPD0p.jpeg

 

Filmes que me falam ao coração...

 

 

O Clube dos Poetas Mortos.

O filme.

Para mim, será sempre O filme

 

  Neste TAG participam para além de mim, a 3ª face, a Ana, a Ana Paula, a Catarina, o Carlos, a Carlota, a Charneca em Flor, a Daniela, a Desarrumada, o David, a Fátima, a Gorduchita, a Hipster Chic, a Isabel, a Mãe A, a Mariana, a Maria Mocha, a Marquesa de Marvila, a Mimi, a Paula, oP.P, a Sweetener, a Sofia, a Tatiana, a Tita e o Triptofano 

(nomes ordenados alfabeticamente)

Espreitem o que cada um de nós vai respondendo ao longo do ano também podem espreitar pela tag  52 semanas

Sem stress, paga-se depois!

Bem sei que não somos todos iguais. Que temos de respeitar a diferença e tudo o mais. Mas às vezes gostaria que não houvesse pessoas tão diferentes.

No meu trabalho, percebo isso frequentemente. Há funcionários que nunca metem vales e fazem a gestão do mês de forma regrada, há outros que ocasionalmente se vêem forçados a isso, e há outros que andam sempre aflitos e a quem surgem constantemente imprevistos.

 

Isto para dizer que recebo imensas comunicações viaCTT por parte das Finanças com penhoras de vencimentos para funcionários nas duas empresas do grupo.

 

E fico aborrecida f#@d@ porque se essas pessoas soubessem o trabalho que acarreta dar resposta a um pedido de penhora de vencimento, decorrente do simples facto de ano após ano, não pagarem o imposto do carro, ou não entregarem o IRS, ou... etc etc etc... Isto para não falar do valor inflacionado que vem então para descontar, depois de acrescido multa, juros, despesas processuais.

Despesas processuais devia eu de lhes cobrar!! Ora vejam:

 

- Depois de receber a notificação, ir ao site das Finanças reconhecer (ou não, normalmente sim) a penhora

- Enviar notificação para a contabilidade para processamentos de ordenados

- Registar no excel o processo recebido e resposta enviada

- Emitir um cheque extra para pagamento dos vencimentos

- Ir às Finanças pagar a penhora

- Nos casos em que são solicitadores a apresentar a notificação, ir ao banco depositar o valor, fazer carta ou email com digitalização do comprovativo de desconto no recibo de vencimento e do comprovativo de depósito na conta

 Ufff...

 

Era tão bom conseguir ser assim descontraído e conseguir sem preocupações, sem prazos, sem stresses...

Mas conseguiria ser assim? Tenho a certeza de que não!

Mas pior do que não conseguir ser assim, é que não conseguiria viver com uma pessoa que fosse assim!