Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

happyness is everywhere

Imagens improváveis

Alguns até podem alegar que se trata de uma montagem, mas a proveniência das imagens não o sugere...

 

Sem dúvida que se trata de uma imagem improvável. Possível apenas porque a nossa sobranceria perante o meio ambiente é sem limites.

 

transferir.jpg

Vê toda a galeria de imagens aqui

E depois do sol...

Comecei a sentir necessidade de dar aquele tom de brilhozinho na pele, principalmente nas pernas. O mulherio entende-me, não é?

 

E vai daí na segunda fui sair e passando numa loja do Boticário, entrei.

Calcorreei as prateleiras à procura de um bálsamo para a barba do filhote - não havia. E fui então satisfazer caprichos próprios.

locao_glamour_12913694835a6a30f9b51a9.jpg

Optei por este Glamour Creme Hidratante Iluminador de 200ml e tenho a contar que estou bem satisfeita!

Como não se trata de um post patrocinado, tenho a informar o Boticário que a minha porta está sempre aberta, ok?  

Não há como fugir...

E por muito que uma algarvia fuja destes eventos onde está meio Portugal, há um dia em que se rende à evidência e tem de ir.

CartazFATACIL18.jpeg

E esse dia é hoje.

Porque tenho visitas que gostam de lá ir.

Porque tenho o filhote e a namorada que estão disponíveis.

Porque ir jantar à Fatacil é um must do.

Porque é noite de Carolina Deslandes.

 

E pronto. Rendi-me e vou! 

Desafio das 52 semanas - Semana 34

20817683_bPD0p.jpeg

 

Livros que eu acho que toda a gente deveria ler…

 

Pensei muito nos livros que acho que toda a gente deveria ler. Pensei no Principezinho, na Insustentável Leveza do Ser, no 1984, no D. Quixote, mas nenhum deles me bastava.

 

E depois tive a resposta uma destas noites. O livro que me marcou, pelo facto de ter sido uma das minhas primeiras leituras, incentivada por uma professora de português do secundário, incluído no Plano Nacional de Leitura da época, foi :

 

pé laranja lima.jpg

Trata-se de uma comovente história que mesmo com aquela idade, me fez chorar algumas vezes.

Zezé é um menino de 6 anos, filho de uma família muito pobre. Ele tem todos os predicados de uma miúdo reguila: inteligente, sensível, muito criativo, mas também muito endiabrado. Com pais muito ausentes pelo facto de terem de trabalhar para ganhar o sustento e sobreviver no dia-a-dia, Zezé anda livremente durante o dia.

E Zezé acaba por tirar partido da sua imaginação para fugir à realidade, toma por confidente um pé de laranja lima, a quem revela os seus sonhos e desejos. E é aqui que vemos a força, determinação do miúdo e onde ele consegue ir buscar a alegria de viver e a força para vencer as adversidades.

 

Conhecem?

 

  Neste TAG participam para além de mim, a 3ª face, a Ana, a Ana Paula, a Catarina, o Carlos, a Carlota, a Charneca em Flor, a Daniela, a Desarrumada, o David, a Fátima, a Gorduchita, a Hipster Chic, a Isabel, a Mãe A, a Mariana, a Maria Mocha, a Marquesa de Marvila, a Mimi, a Paula, oP.P, a Sweetener, a Sofia, a Tatiana, a Tita e o Triptofano 

(nomes ordenados alfabeticamente)

Espreitem o que cada um de nós vai respondendo ao longo do ano também podem espreitar pela tag  52 semanas

Xaile

xaile.jpg

 

 

No final de Julho postei que tinha regressado ao tricot.

 

 

E depois de alguns serões de volta dele, enquanto espreitava uma série, terminei.

 

Já o estreei porque as noites às vezes pedem um aconchego. Já o usei no cinema, quando o ar condicionado estava demasiado agressivo.

 

Ficou comprido, dá perfeitamente para cruzar nos ombros sem dar aquela impressão de aconchego que pode dar calor.

Bem satisfeita com ele.

 

E agora, o que se segue?

 

 

O Algarve em alta

Recentemente, praias portuguesas constaram de listas internacionais de melhores praias.

No caso do site Thrillist, e com vista a um público-alvo do surf e do snorkeling, foi dedicado um artigo onde foram escolhidas as 5 melhores praias do país. Em especial, distinguidas praias  com fundos de grutas marinhas e formações rochosas fantásticas.

Eu conheço por já as ter explorado de barco e posso afiançar que são lindas!

 

Praia da Marinha - Carvoeiro

Praia da Bordeira - Carrapateira

 

transferir (1).jpg

Praia do Camilo - Lagos (Na foto)

Ponta da Piedade - Lagos

Praia do Benagil - Lagoa

 

Por outro lado, o site The Culture Trip votou 2 praias portuguesas entre as 10 melhores praias da Europa

 

Praia da Marinha (again)

transferir (2).jpg

Praia D. Ana - Lagos (na foto)

 

E para os que estão ou já foram de férias: conhecem alguma destas praias?

Viajo, o que interessa o que sou?

Outro dia lia um texto sobre turistas e viajantes.

E dei por mim a perguntar-me qual seria. 

Com a quantidade de viagens que faço - este ano já fiz 7 viagens sendo que ainda tenho mais 5 para fazer, 2 delas intercontinentais - pensei que me veria facilmente como viajante.


Mas depois estive a ler conceitos. E cheguei à conclusão que sou um misto a tender para o turista.

 

 Quando planeio as viagens, claro que quero ver os locais mais conhecidos , mas gosto de deixar muito ao momento, à descoberta

 Não sou nada de selfies e mesmo as fotos, por vezes, fico tão absorvida que me esqueço. E depois quando volto, tenho pouco para mostrar...

 Na hora de me hospedar, o conforto é tudo. Já não tenho idade para uma rede ou uma tenda de campismo! 

 Não sou de compras, de trazer uma lembrança. Claro que sempre trago algo para o meu móvel das viagens

 Prefiro viajar sozinha

 O meu lado viajante faz-me querer sempre embrenhar na cultura e vivenciar experiências locais, comer o que a população local come

 O meu lado turista faz-me querer voltar a casa rapidamente. Depois, fico em ânsia pela próxima viagem. Mas o meu cantinho aqui nesta cidade do Algarve, neste Portugal é o meu poiso.

 

Se cheguei a uma conclusão? Não sou de todo viajante. Gosto do conforto, não arrisco boleias para locais desconhecidos, não parto à aventura sem saber quando regresso, não ando em caminhos que me causam dúvidas.

Então serei turista? Também não, porque gosto de me misturar, privilégio a experiência e o nadar nos costumes locais.

  

Portanto a conclusão é que não me definirei. Sou um pouco de tudo isso. Mas o que adoro mesmo é conhecer em mundo!

Ó Manel, vamos um bocadinho ao lago?

... E aproveitamos para dar umas remadelas?

 

Não é o que aconteceu no Lago Lucerne - Suiça, quando recentemente estiveram cerca de 30º...  

 

getimage.jpg

 

Livro Secreto - Round XV

Uma-Praca-em-Antuerpia (2).jpg

Este foi o último livro que recebi da iniciativa Livro Secreto.

Tal como o livro anterior, adorei! O livro Rosa Brava era um livro que contava a história da fidalga Leonor de Teles e a sua ascensão a rainha de Portugal.

Este é sobre a Segunda Guerra Mundial e como duas irmãs gémeas portuguesas vêem a sua vida mudar por causa da Guerra e das opções que cada uma fez.

A escritora baseou-se em relatos de pessoas que fizeram aquele trajecto, que fugiram da Bélgica e depois de França para Portugal com os vistos que o Cônsul Aristides de Sousa Mendes, contrariando as normas emitidas por Salazar, concedeu em Bordéus, vistos a milhares de pessoas, salvando-as do Nazismo.

Achei o livro  inesquecível, emocionante, e deu a conhecer uma parte da nossa intervenção na Segunda GG que só recentemente foi reconhecida. O livro é muito bem escrito, com factos históricos documentados e relatados, uma história romanceada que envolve desde o início.

 

Foi um dos meus livros favoritos de 2018. E como já tinha mencionado no post anterior a este, só possível porque a iniciativa Livro Secreto me permitiu ter acesso e ao mesmo tempo ser confrontada com autores e tipo de literatura que me passava ao lado.

 

E chegada ao 15º livro, é altura de fazer um balanço.

O livro que mais gostei até agora, para além dos dois que menciono acima, terá de ser o Ladrão de Sombras. Amei, amei o livro. Li-o num ápice!

Estamos numa fase de analisar se a iniciativa será relançada em 2019, se haverá interessados e novos interessados. Pela minha parte, estou pelo sim. Pelas razões já mencionadas. Mas claro que entendo que o grande trabalho fica a cargo de quem gere a iniciativa. Neste caso e neste momento, a Magda Pais. A quem desde já agradeço e me disponibilizo a ajudar em próximo remake!

 

  

Livro enviado por mim: "Ferrugem americana" de Philipp Meyer

*************************************************************************

Fevereiro 2017 - "Às Terças com Morrie" de Mitch Albom

Março 2017 - "Obrigada pelas Recordações" de Cecelia Ahern.

Abril 2017 - "O Velho e o Mar" de Ernest Hemingway

Maio 2017 - "O ladrão de Sombras" de Marc Levy

Junho 2017 - "O Talentoso Mr. Ripley" de Patricia Highsmith

Julho 2017 - "Os Olhos de Ana Marta" de Alice Vieira

Setembro 2017 - "Palestina" de Hubert Haddad

Outubro 2017 - "Homens Imprudentemente Poéticos" de Válter Hugo Mãe

Novembro 2017 - "O Carteiro de Pablo Neruda" de António Skarmeta

Dezembro 2017 - "As Asas do Amor" de Nicholas Drayson

Janeiro/Fevereiro 2018 - "Viagens" de Magda Pais 

Março 2018 - "Em teu Ventre"  de José Luis Peixoto

Maio 2018 - "O Diário Oculto de Nora Rute" de Mário Zambujal

Julho 2018 - "Rosa Brava" de José Manuel Saraiva

Stalker

O Bruno de Carvalho é aquele stalker que ninguém quer ter na sua vida.

 

Aquele namorado ciumento a quem já dissemos que já chega, mas que ainda continua a enviar flores, mensagens, a aparecer em cada esquina!

 

Eu como sportinguista, confesso que senti um alívio quando ele saiu. Tudo o que pode ter feito de positivo, ficou completamente camuflado com as atitudes e o não saber parar dos últimos tempos (ainda que eu, confesso, nunca o tenha suportado).

Mas ultimamente, cada vez que ligo a televisão, parece que estou numa viagem no tempo e regressei à altura em que ele era presidente e dava entrevistas, conferências, facebookava... (lembram-se que chegou a utilizar o Sporting TV para anúncios de paternidade?)