Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

happyness is everywhere

Rascunhos

Nos últimos dias li dois textos que faziam referência à contabilidade que a Equipa Sapo fez dos rascunhos em carteira. No final de ano, eram 11.157 rascunhos que os bloggers desta plataforma teriam guardados.

 

Fui ver a minha pasta de rascunhos. E contei 108. 108!! 

A verdade é que às vezes guardo rascunhos com apenas 2 ou 3 palavras para me lembrar que pretendo escrever sobre uma determinada questão. Outras vezes, umas linhas alinhavadas. Raras vezes escrevo um post inteiro e o guardo.

Por vezes, é o tempo ou a falta dele, que se mete de permeio. Outras, a falta de inspiração para terminar o texto. Outras ainda, o receio de ultra-exposição que possa de alguma forma traiam o meu anonimato.

 

E portanto, uma das resoluções recém tomadas é esvaziar aquela pasta. É difícil porque só nos últimos 3 dias, criei 6 novos rascunhos! Mas pretendo rever alguns mais antigos, proceder à sua eliminação ou re-escrevê-los. 

 

O primeiro, segundo  e terceiro textos saídos dessas anotações já estão publicados e/ou agendados. 

Tudo de pantanas # 25

Hoje em dia, toda a gente faz tudo para ganhar uns trocos.

E isso é por demais visível nesta notícia de algumas semanas atrás...

 

Uma marca norte-americana de artigos de decoração acabou ridicularizada na internet, pelo facto de ter à venda um molho de galhos atados com um cordel pela módica quantia de... 42€

 

Vou contacta-los porque consigo arranjar na minha casa artigos decorativos bem mais apetecíveis!!   

 

Simplesmente ir

Quando um dia quiseres ir, quando tiveres uma vontade incomensurável de ir sem destino, quando essa vontade de ir, for por um minuto, maior que a vontade de ficar, então não hesites e vai…

 

Atrás deixa os medos e as hesitações, e as incertezas. Atrás deixa as pessoas que não te fizeram feliz. Atrás deixa o caminho que abriste.

 

Segue a tua vontade, segue o teu instinto e segue a tua necessidade. Aquela que te faz hoje saber que há mais. Aquela que não te deixa dormir à noite, tal o nível de desassossego que te inunda.

 

Mas leva contigo resquícios de ti. Da tua paixão, da tua alegria, do teu desespero e da tua sede. Porque só assim perceberás que a pessoa de ontem tem continuidade na pessoa de amanhã.

 

Ainda e sempre o Titanic

inq.png

 

Gosto de ver o inquérito do dia da página Sapo.

Acabei por fazer parte daqueles 10% porque só vi 2 filmes daquelas propostas e não me pareceu correcto escolher sem ter visto os restantes.

 

(Votei. Quando se vota, aparecem os resultados)

 

 

E não consegui deixar de dar uma gargalhada ao ler a última hipótese:

Por mim, ganhava sempre o Titanic... 115 alminhas votaram neste! 

 

 

 

 

 

 

O que nunca serei

Percebes que para além de não seres uma fashion-blogger

Também nunca serás uma fashion-driver quando estacionas ao lado dos teus vizinhos e...

 

carro.jpg

 

O teu carro fica muito aquém em matéria de style    

 

Isto da dieta #9

E hoje atingi os menos 13 kgs. 

Cheia de determinação!! 

 

Livros que são um coice e precisam que respiremos

Tive finalmente um fim de semana de descanso. Aproveitei para colocar em ordem algumas actividades em atraso.

Uma delas foi a leitura. Que tem andado a trote. O livro do silêncio é um tratado sobre o silêncio, sobre a sua importância história e social, e a forma como esse mergulho pode influenciar a essência humana. É um livro profundo, que demora a ser lido. Tem de ser apreendido e assimilado.

 

Recebi entretanto do Livro Secreto de forma muito entusiasta, mais um livro. Intercalar o livro do silêncio com outro seria o ideal. 

 

Mas este livro ainda é de leitura mais difícil. Pelo tema, pelas emoções que desperta, pelas pausas que preciso fazer. A Outra Metade de Mim é um daqueles livros que nos dilacera. Queremos saber mais porque não se volta as costas à História, mas custa tanto, mas tanto, ler sobre determinados assuntos!

 

Interrompi ontem. Não sei quantos dias passarão até que consiga pegar nele de novo. Mas quero termina-lo, ainda que provoque angústia e náusea ...

 

Vi a acção de um ser humano desprezível

Ontem fui ao cinema.

Tinha combinado com uma amiga, mas ela falhou à última da hora e acabei por ir sozinha. Depois do cinema, fui buscar uns legumes e passei numa loja para ver os saldos.

 

Estava eu a decidir se levava a camisa, e em que número (isto da dieta agora é um problema), quando vou buscar o número mais pequeno. As camisas tinham um bolso. Nisto, percebo que havia algo no bolso. Meti a mão e saiu-me uma etiqueta toda amarfanhada. 39,99€. Mas o bolso continuava repuxado para baixo e voltei a meter a mão no bolso. Um alarme, com um pedaço de pele azul à volta!

alarme-para-roupas.jpg

Fiquei em choque. Agarrei na camisa e fui ao balcão. Elas ficaram em choque. Uma das meninas percebeu o que era e foi buscar um exemplar do blusão de imitação de pele. O blusão tinha o alarme na ponta de uma das mangas.

Basicamente, a pessoa percebeu que teria de cortar o comprimento das mangas, foi às "compras" munida de uma tesoura e fez aquele bonito serviço! Depois, foi sair com o blusão debaixo do braço, num saco ou mesmo vestido!

 

Ser humano desprezível, como disse em cima! Acabou-se a vontade de compras e acabei por sair da loja sem comprar a camisa... 

 

Uma fotografia quando me apetecer #4

4.jpg

Deparei-me outro dia com esta árvore. 

Pensei ser uma árvore normal até ter começado a andar debaixo dela e perceber que havia monte de fruta  despedaçada/esborrachada no chão. 

Olhei para cima e depois de muita atenção, percebi que eram diospiros!!

(A sério que achei que os diospiros nasciam de arbustos ou árvores de pequeno porte )

 

Dia 17

 A ida ao cinema.

Ainda que não tenha sido um grande filme (o da JLo), serviu o propósito,

Passar umas horas divertidas e num plano diferente da realidade.