Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

happyness is everywhere

Consulta do viajante

3 dias a tentar marcar a Consulta do Viajante. 3 dias!!

E não consegui, que uma pessoa não pode decidir assim do ontem para hoje que vai viajar!

Resposta recebida: E mas se foi à Índia em 2016, já ouviu a lengalenga da consulta e só precisa das vacinas.

É?? A sério?? 

Não... 

consulta-viajante-vacinas.jpg

 

Pois, que sim, que só me faltam as vacinas.

Sim, que ninguém quer ir de férias e ficar doente. Ou pior, ter de ser internado! Claro que a resposta que me deram não é a mais indicada, mas é o que se arranja no SNS... Vou ter de pagar a consulta online e ouvir as indicações e as medidas preventivas devo adoptar antes, durante e depois da viagem. Para já, sei que tenho de levar a vacina da febre-amarela.

 

Consulta do viajante, o que é?

Trata-se de uma consulta dada por um médico especialista em doenças infecciosas, Medicina Tropical, etc...

As indicações costumam variar consoante o destino, o número de dias de viagem e a condição física. Verificam o teu boletim de vacinas e informam e prescrevem as vacinas específicas em falta.

Mas para mim, o mais importante, é serem-te receitados medicamentos para prevenires e em caso de SOS, se te acontecer algo lá pela viagem. E claro, os conselhos de boas práticas para que não fiques doente.

 

Quem deve fazer a consulta do viajante?

Claro que quando se viaja na Europa, não precisaremos de cuidados extras, mas se a intenção é ir para destinos mais exóticos tais como África, Américas Central e do Sul e Ásia, é evidente que necessitaremos da consulta.

Quando estive na Índia por exemplo, foi fundamental ter feito a consulta para saber os comportamentos a não adoptar, principalmente.

 

E quando ir à consulta?

O ideal seria um mês antes. Mas isso é o ideal. Vou viajar no último fim de semana de Março e só soube na passada segunda-feira. Consultas? Cadê??

Até online, ficou agendada para 25 de Março. Mas como planeio ter as vacinas todas tomadas até lá, agendei à mesma na expectativa dos conselhos.

Portanto se sabes que vais viajar, não esperes pelo mês e antecipa-te. Até porque algumas dessas vacinas têm uma toma única durante toda a vida, outras têm 5 ou 10 anos de validade, pelo que não é prejudicial ir antes...

 

Consulta do viajante onde?

O Sistema Nacional de Saúde tem, mas por exemplo aqui no Algarve, apenas existe em Portimão e Faro e como disse, estão cheios.

A opção online valeria se não houvesse tanta procura. Como disse, antecedência é a palavra de ordem! Marquei ontem para dia 25/3 - um mês de espera!! A consulta é por skype, já fiz uma assim em 2016 e funciona muito bem. Recebes as receitas por mail logo a seguir e tens de pagar por cartão de crédito no momento da marcação - 25€.

 

Vale a pena ter seguro de saúde?

Pessoalmente creio que sim! Tenho um que assegura as minhas estadias pelo mundo e cobre tudo desde acidente, internamento, cirurgias, etc...

Vale a pena se formos para um local mais longínquo e que não reconheça o nosso cartão europeu de saúde.

 

Marrocos - Casablanca

Apercebi-me no outro dia que não cheguei a fazer o post de Marrocos.  Este post deveria ser único mas que acabou por ter de ser dividido uma vez que a meio da estadia, resolvemos viajar e ficar a conhecer também Rabat. E não nos arrependemos, antes pelo contrário!

 

Casablanca é considerada a capital económica do país. A cidade é gigantesca, cheia de gente (basta dizer que é a maior cidade de Marrocos, com quase 6 milhões de habitantes e isso nota-se na rua!), mas fiquei agradavelmente surpreendida com os jardins existentes e a parte cuidada das ruas. Depois, quando vamos para outras partes da cidade, mais antigas, deparamo-nos com a sujidade. Mas regra geral, as pessoas lavam a sua parte do passeio e isso nota-se! 

Casablanca cresceu em redor da Medina, e é uma cidade de contrastes, onde a tradição da medina se mantém juntamente com o aparecimento de galerias de arte, restaurantes da moda e centros comerciais ultra-modernos.
Alguns pormenores da arquitectura e de edifícios governamentais. Adoro as janelas e os rendilhados típicos. E a brancura alva de muitas das construções.

A Mesquita Hassan II. Ficamos com falta de ar com tanta grandiosidade e beleza. Fica situada quase em cima do mar e segundo me disseram, quando vista da outra margem, parece mesmo que está pousada sobre o Oceano Atlântico.


Trata-se de uma das maiores mesquitas do mundo, construída entre 1986 e 9. O seu minarete é o mais alto do mundo, com 210m de altura - verdadeiramente impressionante! O tecto abre em poucos minutos e ficam assim ligados os 3 elementos fundamentais: o céu, o oceano e a terra. Mas como sempre, é nos pormenores da decoração que se denota a sua maior riqueza.

11.jpg

Um pormenor da simbologia nas portas das casas de banho...

 

10.jpg

Procurámos pelo Balcão de Turismo durante dia e meio, sem nunca o encontrar... Um dia, estávamos sentados naqueles banquinhos a descansar os pés e a ver umas filmagens que estavam a acontecer naquela avenida, fomos tirar uma fotografia e... Encontrámos o Balcão, pessoal !!!

 

9.jpg

Em frente a este edifício, teve o meu filho de intervir para me salvar de um marroquino. Ele seguia à conversa com uma amiga nossa e eu seguia sozinha uns passos à frente com o mapa (sim eu sou a mapeira das viagens).

Nisto um marroquino desata a falar comigo em darijá (árabe marroquino), pega na minha mão e desata a dar beijos na mão. Não me largava! Não fora o meu filhote e eu estaria por lá a fazer as suas delícias 

19.jpg

Onde quer que vá, deparo com estas belezas...

20.jpg

Um pormenor de uma esplanada. Todas as cadeiras voltadas para a praça e não umas para as outras. Pormenor curioso, não?

 

21.jpg

Sala de oração no aeroporto. O pormenor dos sapatos amontoados à entrada/saída.

chá.jpg

No final da sexta-feira, estávamos descansadamente a beber o nosso já habitual chá de menta, quando o filhote, a olhar para o mapa da cidade e percebendo que já tínhamos visitado quase tudo, fecha o livro e depara-se na capa com o mapa de Marrocos.

- E se amanhã fôssemos a Rabat? Não é muito longe...

 

Consultámos a internet, verificámos ser uma hora de comboio, fomos comprar os bilhetes à estação e confirmar horários por ser fim de semana e...

Rabat em próximo post!!

 

Coisas russas estranhas

Há um par de anos estive na Rússia, em Moscovo. Fiquei hospedada não num hotel, mas num Centro de Estágio de Desportistas.

Durante o dia tínhamos as competições e a noite jantava e dormia lá nas instalações. Ainda deu para visitar Moscovo e andar de metro - a melhor experiência que tive, já que cada estação parece um museu!

 

Mas como dizia, fiquei hospedada no Centro de estágio.

Na primeira noite, quando cheguei ao quarto, tinha toda a roupa de cama em cima da mesma, mas eu tive de a fazer.

Coloquei e estiquei a protecção do colchão.

Coloquei o lençol de baixo e prendi-o. Resolvi que sendo Setembro, não precisava de mais do que do lençol de cima já que a temperatura estava bastante agradável.

 

Abri o que achei ser o lençol de cima e... deparei-me com um buraco circular ao meio, bem cortadinho de cerca de meio metro. E aí a minha cabeça deu um nó. 

Isto é para usar como? Mas como é que ponho isto na cama? E como é que eu entro lá dentro? E se entrar, fico com a cabeça tapada! Mas qu'a raio?!?

 

Não tenho orgulho nenhum em confessar que levei 10 minutos a pensar nestas questões até ter percebido que se tratava da capa do edredon! Sim, o edredon enfiava-se pelo buraco, esticava-se  até acertar os cantos e a parte do buraco ficava voltada para baixo, para a cama, não se vendo portanto...

OMG, a vergonha não partilhada que senti naquele instante em que se fez luz!! 

Express food, mas saudável!

Voltei de férias ontem à noite.

Hoje, tinha apenas 20 minutos para preparar algo para o almoço antes de ir para o Pilates.

 

Abri o frigorífico. E para além de gelatinas, azeitonas e alguns iogurtes, pouco mais... Olhei para a gaveta dos vegetais. Apenas uma múmia daquilo que em tempo foi uma alface, um pedaço de abóbora para o lixo (shame on me) e alho francês.

 

Retirei o alho, lavei e cortei às rodelas. Uma borrifadela de azeite, um alho picado, uma tira de pimento vermelho congelado e uns 10 camarões que tirei do congelador. Sal, pimenta e já está!

1.jpg

Estava delicioso, só vos digo! Vou fazer mais vezes!

 

Pequenos Grandes pensamentos #71

 

 Ter paciência não é ter capacidade de esperar.

É ter habilidade para manter uma atitude positiva enquanto se espera 

 

Isto da dieta #13

Há dias descobri um prazer escondido. No qual já não pensava há tempos. 

Para quem tem as pernas cheiinhas, cruzar as pernas pode ser um problema. Porque elas não ficam cruzadas. Parece que só se as atarmos, e lhe dermos uma certa inclinação, elas se manterão na pose que queremos. Têm vida própria!!

 

Bem sei, bem sei, que isso pode ser uma bênção. Inúmeros estudos dizem que cruzar as pernas é maléfico para a saúde, que causa varizes, bla, bla, bla.

Até pode ser (e acredito que sim, basta pensar um bocadinho), mas para quem não pode - ou não consegue - isso pode ser o fruto proibido: sempre o mais apetecido!

 

E percebi que se cruzar as pernas, elas ficam lá, quietinhas, bonitinhas, arrumadinhas!

Que vaidosa que estou!! 

 

Silêncios

Tenho para mim que o silêncio está subvalorizado.

Adoro silêncio e depois de ter começado a ler o livro sobre o Silêncio, aprendi tanto sobre mim e a minha forma de viver o silêncio.

 

Sei que na sociedade actual, está démodé, até porque estar em silêncio com outro, normalmente traz mal-estar. Quando não nos sentimos à vontade. E aqui reside o importante da questão.

 

Por isso, o aprecio cada vez mais. E como se diz, 

 Podemos ser reféns das nossas palavras

mas seremos sempre donos dos nossos silêncios

Ausente por uns dias

Ainda que pareça que estou por cá... não estou!

Deixei alguns posts agendados, mas se já deram pela minha falta nos vossos comentários, saibam que o je está de vacaciones! Ah pois!

 

Um vá para fora cá dentro! Que de vez em quando também sabe bem não andar de avião 

 

 

Até Segunda!

À lupa

Descobri esta fotogaleria acerca dos alimentos ampliados centenas de vezes e fiquei fascinada.

Por exemplo, isto é um morango:

morango.jpg

 

Descubram o resto aqui!

Isto da dieta #12

E vão ....

17.jpg

Eu sei, estou em falta com um texto mais profundo a explicar com tem sido esta aventura de perder peso, mas como estou quase a ir uma semana de férias, fica para depois do repouso, vale?

 

Pág. 1/3