Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

happyness is everywhere

Antipatia?

Sou uma figura pública no meu meio. Não o sou evidentemente a nível nacional.

E como tenho sempre a responsabilidade de ser a chefe em grandes eventos, os olhos estão muitas vezes colocados em mim. E quando assim é, há muita gente que nos conhece por ao longo dos anos nos ver, mas em quem nunca reparamos. Lá está, porque ando na minha vidinha e a responsabilidade é muita.

 

Por isso foi com algum espanto e depois agrado que uma senhora alentejana que estava no casamento da semana passada, depois de um dia e noite de convívio, se despediu de mim com um abraço e as seguinte palavras:

 

- Quando eu te via por aí, sempre achei que eras antipática. Sempre muito compenetrada e pouco dada a cumprimentos. Mas ainda bem que comprovei hoje que não és nada disso!

 

E nós não fazemos a mínima ideia da opinião que as pessoas têm de nós. 

É evidente que eu sou séria na minha função. Até porque não poderia ser de outra forma. Claro que quem está por dentro, tem acesso ao que eu digo, às piadas que eu (invariavelmente) faço, mas não fazia ideia que de fora, a visão de mim era essa...

 

Não é tão impressionante como as pessoas, mesmo não nos conhecendo, têm uma imagem tão diferente daquela que nós temos de nós próprios?

Turistando por aí

O que se faz quando às 4 da manhã se está no aeroporto a fazer tempo?

Observa-se o painel de partidas...

aeroporto.jpg

E chega-se à conclusão que daqueles destinos apenas me falta Malta, Marraquexe e São Tomé ... eu sei, devia arranjar outro hobby para as 4:02... 

 

O que se aprende no contacto com a natureza

No Sábado tive o tal casamento.

No domingo, tinha agendado um picnic e achei que seria uma maravilhosa oportunidade para a seguir fazermos uma caminhada pelos trilhos da zona. 

1.jpg

2.jpg

 

E uma das coisas que aprendi foi que as árvores cobertas de musgos nos dão uma indicação de que o Norte é para o lado oposto. Sabiam?

A verdade é que fui confirmar na bússola do telemóvel e sim, confirma-se!! 

Tudo de pantanas #35

No norte da Índia, um político independente, candidato às eleições gerais do país chorou em público por ter conseguido só 5 votos!

 

Acho que chorou por saber que nem a família convenceu!! 

A família é de 9 elementos 

 

 

Relações instantâneas?

Há 3 meses escrevia assim. E custou-me. E chorei. E solidarizei-me. E a dor, meus Deus, a dor era excruciante. O amor de uma vida que se foi.

 

No casamento de sábado, voltámo-nos a reunir todos. Inclusivamente alguns amigos de Lisboa que pelo telefone tinham invadido a nossa coroa de flores e se juntaram na nossa prova de amizade e reconhecimento do amor perdido. No sábado, foi dia fazermos contas. 5€ para aqui, troco para ali. Mostrávamos a foto da coroa a quem nunca a tinha visto, quando entra o nosso amigo enlutado.

 

O do telemóvel saca do telemóvel para lhe mostrar quem tinha participado. Sim, porque no dia do funeral não houve disposição para tal veleidades. Felizmente, o amigo enlutado voltou-se para mim primeiro. Repenicou-me dois beijinhos e depois abriu alas para uma senhora. A irmã, pensei, na minha santa inocência. - Quero apresentar-te a minha Lady!

 

O meu amigo do telemóvel tratou de arrumar o telemóvel (e na primeira oportunidade apagou a foto) e alguém me abraçou para dizer : fecha a boca!, tal era o meu espanto...

 

E foi num misto de incredibilidade e de leveza que nos vimos todos a dizer:

- Quando esta morrer, não há cá flores para ninguém! Agarramos no dinheiro e no dia seguinte, levamos o gaginho para beber uns copos. Pelos menos sempre lucramos alguma coisa com isso!!

 

Os bebés não são todos bonitos!

Há um par de anos um amigo meu teve um bebé.

Num jantar de amigos, ele ficou ao meu lado e mostrar as fotos é o mais natural.

Quando vi as fotos de recém-nascido entrei em pânico! Que comentários poderia fazer?? O bebé era horrível! A sério!! Olhos esbugalhadíssimos, uns pêlos espetados na cabeça, umas orelhas super salientes. Magro. Um autêntico macaquinho!

Entrei em pânico e debati-me sobre o que dizer. Que giro? Que amoroso? Que simpático? Tudo isso me pareciam elogios fingidos e que ele certamente iria perceber... Optei por ir passando as fotos e  não tecer comentários. Até que... 

Passei para umas fotos em que ele já tinha uns meses e o meu amigo disse:

- Ele aqui já está mais bonitinho, não está?

 

E eu...  uffa ... já pude tecer comentários mais delicados!!

 

Não sou mal agradecida. Não sou.

Mas não tenho tido muito tempo e acabou por ficar para trás.

Fiquei muito agradecida pelos destaques. Até porque não tendo tido muito tempo, pelo que o nível de interacção tem sido bem menor. Com muita pena minha...      

 

Destaque 19.05.png

A meados de Maio, a situação do ranking do aeroporto de Lisboa foi o tem de um post que foi destaque.

 

Destaque 31.05.png

O meu post sobre abrandar no último dia de Maio foi destaque no Sapo e na Homepage do Sapo. Duplo agradecimento!

 

Destaque 05.06.png

E na primeira semana de Junho, o post em que me insurgi contra o a última moda de calçado no verão.

 

Obrigada, Sapo!! 

Deixar o carro em casa...

Este ano tem sido o ano das resoluções. E uma que fiz recentemente foi pensar numa motoreta eléctrica para as minhas deslocações na cidade.

Três factores na base dessa decisão. O factor de ordem ambiental, o factor poupança (que dado o investimento inicial, não terá sido a mola motivadora) e o factor stress.

Sim, vem aí o verão e estacionar e circular no tráfico torna-se caótico.

Sim, já fui uma pessoa muito urbana mas estou a ficar cada vez mais provinciana, já que o caos no trânsito começa a mexer muito comigo...

 

Vai daí, comecei a ver a semana passada, lojas - modelos e preços.

Mas seria um problema no inverno, já que não tenho garagem. E quando chover, ou quando não estiver no país, ela teria de ficar na rua. Assim, o meu filhote sugeriu-me a bicicleta eléctrica. Agradou-me, até porque a recente experiência na Suíça já me tinha aliciado. Não esta experiência, entenda-se...

Felizmente que a minha cidade ainda não tem carris!! 

 

Bicis.png

 

E porque não uma bicicleta normal já que tenho uma Scott de BTT? Porque vivo na parte alta da cidade e no verão, o esforço e o calor seriam inibidores. Até porque vou trabalhar. Não é suposto chegar lá e ter de dar tampões para o nariz aos meus colegas .

 

Assim, posso ir às compras (basta-me um elástico tradicional para a grade), chegar a casa e guardar a bici, dobrada. No inverno, fica guardadinha nas semanas de chuva...

 

 

Bónus: o Estado está a dar 250€ de incentivo aos primeiros 1000 candidatos a bicicletas eléctricas. Fui conferir no site e este ano foram dados 636 incentivos. O que significa que muito provavelmente conseguirei recuperar essa parte!

 

Os meus furos

Sempre pensei que não faria piercings.

Mas há umas semanas, fiquei com vontade de acrescentar mais um furo aos 3 que já tenho na orelha esquerda. Fui à ourivesaria e indiquei o local onde o queria.

Que não, que não faziam. Que isso era considerado um piercing e só nas lojas da especialidade.

 

Piercing.png

 

Com esse nome na cabeça - piercing  - deixei passar mais umas semanas para ver se essa ideia se desvanecia... 

A semana passada, pensei fazê-lo na Suíça, mas a loja esteve fechada no fim de semana e na segunda também foi feriado por lá... 

Voltei. Telefonei. Na sexta fui fazer.

Se doeu?
Só pagar os 35€ que me pediram no fim.

(sim, convencida que seriam à volta de 20€, nem confirmei o preço )

 

 

Pág. 1/3