Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

happyness is everywhere

Balanço final de 2018

Há pessoas para quem as resoluções não resultam. Não é o meu caso. Normalmente gosto de me impor limites e desafios. Só assim consigo avançar.

Farei também a lista de 2019, para ser publicada às 23:59 do último dia, como último post do ano.

 

Quanto à lista de resoluções de 2018, fiz updates durante 5 meses e a partir de junho, foram para a tigela das intenções não aplicadas... Para ser verdadeira, não faço ideia do estado das minhas resoluções (penso que terei nota positiva, mas... ) e conforme for passando por elas, vou verificar se foram cumpridas ou não.

 

1. Perder peso. Depois de várias tentativas falhadas em que a motivação não existia, era apenas a parte racional a dizer-me que tinha de ser,  ganhei agora em meados de novembro a motivação necessária. Termino o ano com menos 9,1 kgs (sim, todos os gramas contam do que tinha em início de novembro. Para manter este caminho! Check! 

2. Fazer exercício físico. Inscrevi-me no ginásio em abril.  Apesar de ter frequentado, comecei a ser menos assídua. A verdade é que não estava a gostar. Aquela não é definitivamente, a minha praia. Descobri o Pilates e amei!! Check!   

3. Vegetarianismo. Mantenho a minha teoria e não sendo fundamentalista, evito ao máximo comer carne. Já peixe, ovos e queijo, nem consigo deixar de comer - sou doida por queijo!!  Portanto, na minha opinião, check!

4. Leitura. Estabeleci o objectivo de 20 livros em 2018. Vou com 27 livros lidos e 2 começados. Um deles, vou terminar até ao final do ano, perfazendo assim 28; o outro, vai estender-se para 2019 já que o Livro do Silêncio requer muita reflexão. Check!

5. Uma Foto da semana. Este desafio, inicialmente diário, passou logo na primeira semana de janeiro,  a Foto Semanal, que fui publicando junto com a rubrica 5 Coisas Boas por Semana. Assim, parcialmente check!

6. Poupança. Tenho conseguido poupar, principalmente com o alívio que o filhote deu por estar desde junho a trabalhar. Mas mantive a poupança mensal de 10% do ordenado e à conta disso, fiz duas viagens em 2018. Uma a Roma com quatro amigas, e uma a Marrocos com o filhote. Check!

7. Fotografia. Fiz o workshop de fotografia em Março 2018, o que apesar de curto, foi nitidamente suficiente para as minhas necessidades. Check!

8. Remodelações em casa. Fiz a remodelação do quarto do filhote que primava pelos motivos (ainda) infantis e passou assim, a ter um ar adulto. A porta da frente, os caixilhos das persianas, ficaram para 2019. A mesa da sala extensível, tenho muitas dúvidas portanto nem a vou considerar... Parcialmente check!

9. Férias. Andava com problemas porque todos os anos desde 2011, me adiantava nas férias e começava a gozar férias do ano seguinte. Metade delas. Este ano resolvi que proporia à entidade patronal a compra de 15 dias de férias não-remuneradas, e acertar de vez os dias. Check!  

10. Assumir os brancos. Em finais de 2017 tinha decidido não pintar mais o cabelo. No entanto, para ajudar na fase de transição, fui fazendo madeixas. Entretanto em outubro, os brancos começaram a notar-se mais e estou feliz. Não vou mesmo pintar mais. Assumir os 50! Check!

11. Ração home-made para os gatos. Pensei fazer comida para os gatos. Mas a minha gata Lua não lhe pegava. Desisti, apesar do Rully comer (ele come tudo). Alternativa: deixei de  comprar biscoitos no supermercado que basicamente é a fast-food dos animais e comecei a comprar ração natural em loja especializada. Neste, considero que apesar de ter falhado, dei um passo para melhorar a alimentação dos animais da casa.

12. Homem-companheiro. Não foi em 2018 que encontrei o tão famoso companheiro. Tive alguns pretendentes, mas acho que eu sou muito exigente e não me contento com qualquer companhia. Até porque sempre defendi que só devemos mudar para ficar melhor. Falhei!

13. Luta contra o desperdício. Usei sempre o copo menstrual, fiz reciclagem, comecei a escolher os produtos com base na sua composição (guerra aos micro-plásticos), fiz o meu próprio detergente da roupa, aproveitei sempre a água do duche para as descargas da sanita. Se fiz o suficiente? Na minha opinião, fiz o possível no meu mundo e no meu tipo de vida. Check!

 

A nível cultural, fui ao cinema 43 vezes (ainda tenciono ir este fim de semana, quando já estiver em Palmela para a passagem do ano, o que dá quase um filme por semana.

Em viagens, fui a Valência, Frankfurt, Roma (com 4 amigas), Fiorenzuola, França, Suécia e Dinamarca, Madrid, Suíça, Canadá e Marrocos (com o filhote e uma amiga) . Soube bem tanta viagem, tantas pessoas e hábitos novos.

Inscrevi-me no voluntariado, se bem que não me tenham chamado para a minha área.

Fui a 11 espectáculos, concertos, stand-up ou teatro. Fiquei culta! 

(Edição: esqueci-me de dois importantes factos de 2018! foi o ano da decisão de abandonar o facebook e consegui finalmente dedicar-me à escrita de contos, com o desafio da escrita que abracei em Outubro) 

E pronto,  fazendo as contas, foi um ano cheio! Das 13 resoluções, realizei 9 itens, falhei redondamente 1, remediei outro e realizei parcialmente outros 2.

Nada mal, hein? Venha lá 2019!! 

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.