Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

Conduzir em que faixa

Eu adoro conduzir. A sério, não me importo de conduzir horas, seja a que hora for.

Mas apesar de já ter conduzido em outros países (e até em outros continentes), nunca conduzi à esquerda... em 2019 planeio ir à Escócia e aí poderei testar  Não vai ser fácil porque mesmo como peões, para atravessar a rua (já tive essa esperiência) e temos tendência a olhar primeiro para o lado esquerdo...

 

Uma das regras que me foi ensinada há uns anos é que se conduz à esquerda nas ilhas. Mas já comprovei que não é verdade. Ou não é toda a verdade...

volante pela direita.jpg

E no decorrer das minhas viagens, fui constatando os países, os hábitos de condução e fui ficando curiosa. Então fui pesquisar...

 

Na antiguidade circulava-se pela esquerda. E o motivo era simples.

Os cavaleiros carregavam a espada e como não sabiam com quem se iam cruzar, circulavam pela esquerda para poder usar a espada na mão direita e assim se protegerem de quem viesse em sentido contrário. Em 1300 o Papa Bonifácio VIII ordenou que os peregrinos que viajavam para Roma tomassem o lado esquerdo.

Quando a circulação na London Bridge foi regulamentada, os ingleses continuaram com a circulação pela esquerda e foi no século 19 que se tornou obrigatório conduzir pela esquerda em todo o império britânico.

 

Até aqui tudo bem. Mas então o que aconteceu para que de repente ficássemos todos às avessas?

 

No seguimento da circulação pela direita para facilitar a condução das carroças nos EUA, quando uns séculos mais tarde, se construíram os primeiros automóveis, Henry Ford seguiu essa linha e o volante foi colocado do lado esquerdo - para que a circulação fosse pela direita.

 

Já na Europa, os motivos foram outros - a Revolução Francesa.

Circulávamos pela esquerda mas os revolucionários queriam mudar tudo - desde os nomes dos meses até aos hábitos de circulação. Apesar da lei ter sido imposta em França, estendeu-se até aos países invadidos por eles (Portugal, incluído) e ficou até aos dias de hoje.

 

Já os ingleses. Bem, sabemos da fractura que sempre houve entre ingleses e franceses. E portanto eles continuaram a conduzir pela esquerda, assim como todas as suas colónias. E o Japão, por influência do Reino Unido.

 

10 comentários

Comentar post