Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

happyness is everywhere

Continuar o blogue, mas em que moldes?

Tenho saudades de escrever.

Mas não tenho tempo. Entre o meu trabalho, as traduções e as viagens, não sobra muito...

A verdade é que não tenho tempo para tudo o que ter um blog acarreta. Os meus textos, os textos dos blogs que acompanho e os comentários. 

Sempre defendi que ter um blog sem comentários é frustrante. Sempre defendi que não responder aos comentários que deixam no nosso blog é no mínimo má-educação. E por outro lado, não consigo escrever apenas, sem espreitar aqueles blogues que me tocam, sem espreitar os seus estados de humor daquele dia. Por isso estou num impasse e num dilema.

 

Não consigo fazer tudo, isso é um facto. Nos últimos meses, fui descurando a resposta aos comentários deixados no meu blog. Entre escrever, comentar posts alheios e responder aos comentários, acabei por me render à última. Este mês de Agosto tem servido para fazer uma pausa. Estive fora o mês quase todo, o que ajudou. Mas apesar de ter espreitado os blogues da praxe, não interagi. Foi só para ver se estava tudo bem

 

Sei que vou ter de alterar a minha forma de acção/reacção, mas ainda não cheguei à melhor solução. Até lá, vou estando e não estando!

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.