Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

Desafio da escrita - dia 8: Fruta

(aproveitando o facto de hoje ser dia de folga, aproveito para pôr em dia os contos atrasados - dia 8)

 

Tinha ido à Turquia com o intuito de conhecer novas culturas.

 

Visitou igrejas, catedrais, monumentos. Viu o azul hipnotizante da igreja otomana. Cobriu os ombros, vestiu mantos, inclinou-se respeitosamente. Tudo para honrar os locais. Atravessou a ponte a apanhou o barco para atravessar o Bósforo. Visitou pequenas terreolas do lado asiático. Foi a espectáculos de dança de Derviches e do ventre. Descobriu que a dança do ventre também pode ser realizada por uma pessoa do sexo masculino, coisa que até então nunca lhe assomara o pensamento. Viajou e perdeu-se em autocarros não fazendo ideia se estava a viajar para sul ou para norte. Andou sob a neve. 

 

Mas de tudo o que viu, sentiu e provou, nada bateria os sumos de fruta que descobriu. Os sumos de cereja e de romã por todo o lado. As frutas que mais gostava e que no seu país apenas se comiam frescas ou esporadicamente em iogurte.

Era isso que gostava nas viagens. Descobrir sabores antigos sob outro ângulo.

romã.jpg

 

8 comentários

Comentar post