Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

happyness is everywhere

Desafio dos Pássaros - Tema # 10

Estou sonolenta. Apesar da companhia, a minha cabeça vai pendendo e luto contra a vontade de fechar os olhos. Faltam só 40km e depois posso passar o volante ao João.

Não percebo como cheguei ao final da semana com tal exaustão. Aliás, até sei. Porque o meu corpo ainda não se habituou ao horário de inverno e acordo todos os dias (ou direi todas as noites?), assim que a aurora desponta.

Chegada a Lisboa, calhando troco de lugar para poder descansar no banco de trás. Ainda será uma estopada até lá acima.

Vou a matutar neste problemão que criou e ganhou raízes na minha cabeça. Só já consigo visualizar-me no banco de trás, com uma almofada (nota mental para não me esquecer de a retirar do porta-bagagem) e não aqui com a rodinha na mão e os pés nos pedais. O volante, apesar de ser um carro de direcção assistida, pesa toneladas. Eu sei que os últimos quilómetros são sempre os mais perigosos quando estamos com sono. Alerto os meus companheiros de viagem para esse tópico e começamos a falar de coisas ligeiramente mais interessantes.

A partir de Lisboa o João leva o carro e eu salto literalmente para o banco de trás! Demoro um bocadinho a adormecer. E com o carro cheio, vou acordando aqui ou ali. Já chegámos? Já chegámos? Eu sei que pareço um miúdo, mas amanhã vou dar aulas o dia todo e antecipo já o prazer de chegar a uma cama feita de lavado!

 

Uma história a prever o que vai acontecer mais logo na viagem para cima... 

 

Tema #10: Já chegámos? Já chegámos?

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.