Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

happyness is everywhere

Desafio dos Pássaros - Tema #8

Quero tranquilizar-te.

Apesar das tempestades que algumas vezes assolarão tua vida, da imprevisibilidade das coisas, sempre verás a verdade com as lentes certas. A verdade tem destas coisas: parece um laço a desfazer-se e sempre que o tentamos refazer,  nunca fica exactamente igual ao outro.

Para além dessa lição, vais aprender que o que parece mais fácil levar-te-á décadas a aperfeiçoar. Vais construir e desmontar. Negar e finalmente aceitar.

Vais aprender a ser perseverante, fortalecida, de pé apesar das feridas e dos desvios no caminho, aprender vencer os teus medos, o medo de mudar, aprender a valorizar os princípios que importam, aprender a acreditar em ti. Vai levar tempo mas felizmente, vais aprender a ignorar aquelas vozes que gritam à tua volta que não és suficiente. Todos têm essa voz que diz que não se é suficientemente inteligente, persistente ou capaz. Não dando crédito a essas vozes, acabarás por usar a tal lente para a tua auto-estima. Segue o teu instinto e ama, acarinha esse arco-íris que te acompanhará toda a vida, aprende a ser gentil. Essa será a tua maior sabedoria.

Aprende a controlar as palavras – as palavras são ambivalentes e podem fracturar sentimentos e relações – as mesmas palavras podem ser mel, e podem ser veneno.

 

Quando vier a grande tempestade (saberás identificá-la, descansa), terás vontade de desistir. Saberás que não podes e a coragem definir-se-á nesse momento. Superarás, contra todas as expectativas. Chorarás muito nos momentos necessários, mas isso é a catarse, o luto.

Por fim, aceita-te. Vais aprender que não precisas ser perfeita, a tua entourage só precisa que sejas tu, estranha, decidida, com dias de vitória e outros de ficar no quente da cama, desejando que o universo sirva de cobertor emocional.

E vai chegar a uma altura da vida em que o teu coração estará tranquilo, as ondas que te cercam balançarão a tua existência e com isso poderás contemplar as estrelas e o omnipresente mar.

E, por fim, não te esqueças: não pintes o cabelo de azul. Arrependeste-te no dia seguinte.

 

Tema # 8 - Escreve uma carta para a criança que foste

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.