Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

Esperança de vida

idoso.jpg

Vi esta manhã nas notícias a apresentação do programa Fronteiras 21, que vai passar hoje às 22h na RTP3.

E fiquei interessada em ver esta noite, o que têm a dizer sobre este assunto da longevidade nos dias de hoje. Porque como já tenho escrito aqui no blog e na sequência das viagens que faço a países nórdicos, tenho um bocado de inveja da qualidade de vida que os idosos têm por lá. E vivendo no Algarve, sei bem da quantidade de turistas ingleses e alemães que são enviados para cá no inverno, só para que passem um inverno melhor do que nos seus países de origem.

 

Porque segundo o que um especialista dizia, o Homem ganhou em longevidade, mas o SNS e a Sociedade não se adaptaram a essa alteração das últimas duas décadas. 

Porque quando olhamos para o esquema acima, percebemos que em Portugal:

a Mulher tem uma esperança de vida de 86,7 anos,  mas que nos últimos 21 anos, apenas 5,4 são saudáveis.

 e no Homem, com esperança de 82,9 anos, nos últimos 21, apenas 7 são saudáveis e 11 não saudáveis (aqui por acaso as contas estão erradas, mas no programa da noite já deverá estar rectificado)

 

Mas o que salta à vista são os países nórdicos em que não diferindo a esperança de vida, a diferença na qualidade de vida é abismal!

 

Será interessante ver e perceber se há soluções à vista...

12 comentários

Comentar post