Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

happyness is everywhere

Hábitos perdidos

Sempre que terminamos uma refeição e naquele momento que antecede o pedir da conta, contabiliza-se quantos cafés vêm para a mesa.

 

Apesar de não beber café há 22 anos, a pergunta é-me SEMPRE dirigida também! 

 

E estava a pensar nisso, nos mistérios da gravidez. Que se fala sempre dos desejos que a grávida tem (e eu tive muitos, muitos), mas nunca das aversões súbitas a coisas que antes se adorava.

 

Eu deixei de beber café, e vocês?

4 comentários

  • Imagem de perfil

    Fátima Bento 03.06.2018 12:02

    (cliquei em publicar antes de completar... )
    Aversões: da Inez, o perfume Vanderbilt, o que tem o cisne no frasco - e essa aversão mantém-se até hoje.
    Tomás: a minha avó vivia connosco e fazia todas as manhãs uma cafeteira de litro de café de cevada. Bom, até me subia o estômago à boca... arghhhh... mas continuei a beber café, durante (um por dia) e após a gravidez.
  • Imagem de perfil

    Happy 03.06.2018 12:09

    Eu aversões a cheiros, só ao meu marido que coitado, teve de mudar de perfume n vezes durante a gravidez... 
  • Imagem de perfil

    Fátima Bento 03.06.2018 12:24

    Como te compreendo!
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.