Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

happyness is everywhere

Memórias da adolescência

Ontem estava a ler um artigo sobre um proeminente chef da nossa praça e a determinado ponto ele falou de camarinhas.

1200px-Corema_album_berries.jpg

Quem tenha crescido no Alentejo, sabe do que eu estou a falar. Das barrigadas de camarinhas que apanhávamos quando andávamos pelo campo...

A ramagem é muito parecida com o alecrim, mas liberta uma fragrância intensa a mel. E as pequenas bagas, redondinhas, entre o branco e o rosa, eram o nosso repasto favorito quando nem tempo tínhamos para ir a casa lanchar... tal eram as nossas saída pelas serras.
 
Dizia o tal chefe que as usa em pratos gourmet. Eu nunca as comi senão ao natural (e muitas vezes quentes, acabadas de apanhar) e em geleia.
 
Alguém desse lado tem memórias associadas a essa planta e fruto?

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.