Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

Não fazer a barba

Muito interessante o artigo que li há dias acerca da ameaça que o estilo dos mais e menos jovens está a causar numa das grandes empresas do mundo das lâminas.

 

Posso falar pelo meu filhote. Com 22 anos, só fez a barba nos primeiros tempos de novidade. Depois, rendeu-se à barba de alguns dias, de muitíssimos dias e de demasiados dias.

 

O artigo referia-se ao impacto desta moda que se reflectiu numa quebra de vendas na ordem dos 5,1%.

E portanto a indústria das lâminas de barbear tem de se adaptar. Para além de ter baixado o custo das lâminas em cerca de 12%,  começaram a dirigir os seus produtos também ao cuidado do pêlo.

Aparador de barba e cremes ou óleos para amaciar o pêlo, são alguns dos exemplos. E eu posso constatar isso, porque o filhote, apesar de ser preguiçoso e descontraído no que ao visual diz respeito, tem namorada. 

 

E barba e namorada, trata-se de uma dualidade que exige um certo compromisso!  

22 comentários

Comentar post