Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

O melhor livro deste ano!

5 dias.jpg

Há 4 ou 5 dias fui ao Pingo doce e vi uma ilha de livros a 50%. Quem gosta de livros, não consegue passar por uma banca destas e ficar indiferente. Comprei dois livros. Adorei os dois livros. O primeiro li-o em dois dias e este, sendo um pouco maior (414 páginas), terminei há minutos.

Mas pela amostra, ou escolhi bem, ou tenho de lá voltar e comprar mais uns quantos. Este livro fenomenal, custou-me 8,75€.

 

A história está entrelaçada entre duas vidas. Uma, de um pai de acolhimento que vai perder o filho daí a cinco dias, quando o pequeno voltar para a mãe biológica. E a sua luta contra os sentimentos de perda que tem.

A outra história não podia vir mais a propósito, depois de ter sido votada a eutanásia (ou morte assistida, como prefiro dizer) a semana passada.

A segunda história conta a decisão de suicídio de uma esposa e mãe de 42 anos a quem foi diagnosticada a doença de Huntington, uma doença degenerativa e evolutiva do sistema nervoso central. Os sintomas no seu caso evoluem rapidamente e ela decide que a partir do momento em que os sintomas ultrapassem o aceitável dignamente estabelecido, não passaria do seu próximo aniversário. O que lhe acontece 5 dias antes do dia. 

 

Vemos todas as suas dúvidas, as pesquisas que fez, as dúvidas existenciais, filosóficas e ideológicas que a consomem. E vamos (no meu caso que concordo com a despenalização), de encontro a todos os argumentos que são pertinentes.

 

Foi um livro emocionante, que me levou às lágrimas algumas vezes e que, caso tenham hipótese e não seja um tema muito sensível para vocês, aconselho vivamente! 

12 comentários

Comentar post