Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

Percebem porque estou solteira?

Como sabe quem me segue, estou solteira há algum tempo. O meu último namorado traiu-me, algo que considero inaceitável e ofensivo. E desde aí, tenho sido muito mais cuidadosa. 

Não pretendo um namorado para viver junto. Acho que esse navio já passou para mim. Gosto demasiado da vida que levo para ficar dependente de uma relação. E depois os homens não costumam lidar bem com mulheres fortes, que sabem o que querem e mais importante, que sabem o que não querem. E eu não quero uma série de coisas...

 

Ainda no outro dia almocei com uma amiga que esteve solteira durante décadas e agora que vive com o namorado, não tem coragem para lho confessar, mas diz que muitas vezes se levanta da cama e vai para a sala porque precisa de momentos sozinha. Eu sei que seria assim. Porque o meu espaço significa muito para mim.

 

Por outro lado, não pensem que não tenho pretendentes. Mas sou demasiado exigente. Todos têm defeitos. Neste momento, os dois pretendentes não se enquadram . Bem sei que o mais normal é que seja eu mesma a boicotar o processo. Mas se estou bem assim, será que vale a pena mudar?

 

Um ex-namorado meu, há um ano que me anda a enviar mensagem que ou ignoro, ou corto curto e seco. Ainda assim, insistiu e eu fui tão clara que pensei que tinha cortado o mal pela raiz. 

Screenshot_2018-05-09-18-35-28.png

 Ontem voltou à carga... 

Screenshot_2018-05-09-15-23-36.png

Mas eu nunca achei boa política voltar para um ex. Normalmente os erros repetem-se já que mudar, verdadeiramente, é tão difícil... 

 

O problema sou eu não acham? Que fariam? Acham que um ex é uma opção?

26 comentários

Comentar post

Pág. 1/2