Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

Portugal é um país?

Ao longo das minhas viagens, tenho encontrado muita gente que não sabe onde fica Portugal. E nalguns casos, nem teria de fazer muitas, muitas horas de avião... Já me perguntaram se ficava na Europa, se era parte integrante de Espanha mas na maior parte das vezes, limitam-se a perguntar onde fica.

Já assisti a uma altercação mais acesa entre o meu ex-Presidente e uma senhora americana em que ele para finalizar a conversa, lançou-lhe em inglês um Oh minha senhora, já nós andávamos a descobrir o Mundo e a América sequer existia ainda!

 

Mas tudo isso para explicar que ontem me vi numa outra situação, a de alguém que nunca ouvira falar de Portugal. Cheguei ao pequeno-almoço do hotel e já se encontravam os meus colegas que fariam a viagem nesse dia/noite. Numa mesa cheia, Polónia, Cazaquistão, Itália, Egipto, Taiwan e Israel. Estive um pouco à conversa e procurei outra mesa. Fui para uma onde havia um amigo Tailandês, e colegas do Japão, Nova Zelândia e Suíça.

 

Às tantas, o Japonês pergunta-me se eu sou francesa. Porque deve ter captado durante as apresentações da formação, eu ter dito que vinha de Portugal (que ele não deve ter percebido) tendo registado apenas que eu cresci em França. Não, eu vivo em Portugal. Cara de confusão. Portugal, isso é o quê? Cara de confusão minha desta vez. Portugal, um país da Europa... Cristiano Ronaldo... (disse eu, já que normalmente costuma ser um factor que ajuda. Há uns anos dizia Eusébio, mas hoje em dia já ninguém reage a esse nome...).

(Claro que os Japoneses não ligam a futebol, ainda se fosse ténis de mesa )

O meu amigo Tailandês saiu em minha defesa: Portugal foi o país que há uns séculos descobriu o Mundo!

 

Esse Japonês saca  do telemóvel, abre o Maps e pede-me para eu mostrar. E num mapa cheio de caracteres que desconheço, lá mostro o país e a região de onde venho. E ele ficou um montão de tempo a olhar para o mapa e a pesquisar. 

 

30 comentários

Comentar post

Pág. 1/2