Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

happyness is everywhere

Quando a cura mata

A minha mãe tem 74 anos. Tem algumas maleitas da idade, mas nada que a atormente por aí além.

Há alguns meses, a médica dela depois das últimas análises, prescreveu algo para o colesterol. E receitou o mesmo medicamento que o meu pai tomava já há algum tempo: Atorbatatina Tecnigen.

 

Sem que tivesse estabelecido um relação causa-efeito, começou a ter dificuldade em andar. Dores nos joelhos, nas costas, nos braços. Até deitada sentia dores de ter os cobertores em cima. Queixava-se. Foi fazer exames. Pagou quase 300€ por uma TAC. Tudo inconclusivo. Estava já a desanimar e achar que as dores seriam crónicas e da velhice. Mas não eram nem uma coisa, nem outra.

 

Outro episódio.

O meu pai andava com dificuldades em urinar. Problemas de próstata que se vêm agravando há anos, devido ao seu pavor de ser operado. A medicação não lhe tem resolvido a questão.

Marcou então consulta para outro médico porque achou que um homem seria mais sensível ao seu problema. Levou todos os exames e os medicamentos que toma.

 

O médico, experiente, assim que olhou para a caixa, perguntou porque tomava aqueles comprimidos. E se mesmo no verão não tinha tido dores. E pernas inchadas? Porque esses comprimidos provocavam dores.

A minha mãe e o meu pai entreolharam-se e ela disse ao médico que ela sim, tinha dores há meses. 
Saíram de lá ambos com nova medicação.

 

Isto foi na sexta feira passada. No domingo quando fui almoçar lá a casa, ela já andava normalmente, inclusivamente subiu a uma cadeira para ir buscar uma chávena que estava na prateleira de cima!

 

E pronto, sem mais delongas, só afirmo que há médicos e Médicos! 

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.