Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

Sem stress, paga-se depois!

Bem sei que não somos todos iguais. Que temos de respeitar a diferença e tudo o mais. Mas às vezes gostaria que não houvesse pessoas tão diferentes.

No meu trabalho, percebo isso frequentemente. Há funcionários que nunca metem vales e fazem a gestão do mês de forma regrada, há outros que ocasionalmente se vêem forçados a isso, e há outros que andam sempre aflitos e a quem surgem constantemente imprevistos.

 

Isto para dizer que recebo imensas comunicações viaCTT por parte das Finanças com penhoras de vencimentos para funcionários nas duas empresas do grupo.

 

E fico aborrecida f#@d@ porque se essas pessoas soubessem o trabalho que acarreta dar resposta a um pedido de penhora de vencimento, decorrente do simples facto de ano após ano, não pagarem o imposto do carro, ou não entregarem o IRS, ou... etc etc etc... Isto para não falar do valor inflacionado que vem então para descontar, depois de acrescido multa, juros, despesas processuais.

Despesas processuais devia eu de lhes cobrar!! Ora vejam:

 

- Depois de receber a notificação, ir ao site das Finanças reconhecer (ou não, normalmente sim) a penhora

- Enviar notificação para a contabilidade para processamentos de ordenados

- Registar no excel o processo recebido e resposta enviada

- Emitir um cheque extra para pagamento dos vencimentos

- Ir às Finanças pagar a penhora

- Nos casos em que são solicitadores a apresentar a notificação, ir ao banco depositar o valor, fazer carta ou email com digitalização do comprovativo de desconto no recibo de vencimento e do comprovativo de depósito na conta

 Ufff...

 

Era tão bom conseguir ser assim descontraído e conseguir sem preocupações, sem prazos, sem stresses...

Mas conseguiria ser assim? Tenho a certeza de que não!

Mas pior do que não conseguir ser assim, é que não conseguiria viver com uma pessoa que fosse assim!

44 comentários

Comentar post

Pág. 1/2