Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

happyness is everywhere

Tudo de pantanas #7

Esta história passou-se na Sibéria, Luzino.

Um homem estava a plantar umas batatas no quintal quando descobriu uma caveira.

A mulher contou-lhe calmamente  que eram os restos mortais do primeiro marido.

Confessou tê-lo morto 20 anos antes, após ele a ter espancado. Então, ela desmembrou-o, enterrou-o no quintal e fingiu para a comunidade, que ele tinha fugido.

Pediu ao novo marido para esquecer, voltar a enterrar os ossos e não dizer nada à polícia.

Ele acabou por a denunciar.

 

Brincas, não??  Ainda lhe acontecia o mesmo... 

4 comentários

  • Imagem de perfil

    Happy 25.06.2018

    Pois, mas o problema dele mantinha-se: e se acabasse ao pé das batatas?
  • Imagem de perfil

    Marta Elle 25.06.2018

    Sim, mas contar à Polícia não adiantava de nada cá em Portugal. Se ela quisesse matava-o à mesma. A polícia não pode prender uma pessoa com base num crime que ainda não aconteceu. O máximo que podia suceder era isso desencorajá-la, mais nada.
  • Imagem de perfil

    Happy 25.06.2018

    Pois não, mas deduz-se que depois da denúncia, a mulher já não queira nada com ele! Para sua felicidade 
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.