Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

happyness is everywhere

O Povo português é essencialmente cosmopolita. Nunca um verdadeiro Português foi português: foi sempre tudo. FP

happyness is everywhere

Viajar torna-nos mais portugueses?

Sempre que viajo, inundo-me do sentimento de portugalidade, como lhe chamo. E quanto mais longe estou de casa, mais portuguesinha eu sou. Portugal deixa de ter defeitos e todas as suas qualidades são inflacionadas.
 
Portanto sim, quando viajo, transformo-me. Toda eu sou bandeira interior, com estandarte e tudo!!
 
E eu que nunca fui muito nacionalista por ter crescido noutro país, descubro em mim toda esta parafernália de sentimentos e vejo-me a defender coisas que quando cá estou, me são quase indiferentes. 
 
  1. Ouvir numa rádio estrangeira uma música portuguesa, é coisa para nos arrepiar alguns pêlos que desconhecia ter
  2. Quanto mais distante, mais importante é encontrar um portuga ou ouvir falar português. Se estivermos no Luxemburgo é banal, mas se estivermos na Malásia, já é todo um processo que nos faz revelar que também somos portugueses  
  3. Damos por nós a garantir que o nosso sol e as nossas praias são os melhores do mundo, como se a nossa vida dependesse disso
  4. Ensinamos palavras portuguesas em todas as ocasiões e ficamos super satisfeitos se do outro lado as replicam de forma amiúde
  5.  Defendemos o nosso território de forma acérrima e repetimos até à exaustão que não, Portugal não é Espanha (a sério, já perdi a conta às vezes que a pergunta me é feita!)
  6. Recordamos que Açores e Madeira também são Portugal, coisa que é muito ignorado
  7. Recordamos a nossa gastronomia. Comer um pastel de bacalhau no Rio de Janeiro (apesar de ele vir com o formato de pastel de nata (!)) lembra-nos que andámos por aí há muitos muitos séculos
  8. Sempre que passamos numa auto-estrada com via verde, informamos que se trata de uma invenção portuguesa. 100% das pessoas a quem o disse desconhecia esse facto

E portanto a resposta é sim, quando estou lá fora, sou mais portuguesa 

1 comentário

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.